Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Temporada 8 de 'GoT' começou com reencontros e voo romântico de dragão

Os personagens Jon Snow e Daenerys Targaryen desfrutaram de um passeio alado que rendeu memes na internet


postado em 16/04/2019 05:08

Carregado de expectativas de milhões de fãs ao redor do mundo, o primeiro dos seis episódios da temporada final de Game of thrones começou com a chegada de Jon Snow (Kit Harington) e Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) com seus exércitos e dragões a Winterfell, onde eles reúnem forças para derrotar o exército dos mortos, que avançou através da Muralha no fim da última temporada.

Encontros inéditos e reencontros de personagens que não se viam há muito tempo deram o tom do capítulo. Sansa Stark (Sophie Turner) foi apresentada a Daenerys, por quem não mostrou ter qualquer simpatia, e reviu Tyrion Lannister (Peter Dinklage), com quem foi forçadamente casada no passado. Sua irmã Arya (Maisie Williams) reviu o amigo Gendry (Joe Dempsie) e Sandor Clegane (Rory McCann), cuja relação era de ódio e carinho enrustido, quando ela era sua refém, além do querido meio-irmão Jon Snow, que não a via desde o primeiro episódio do seriado. Esse momento foi marcado por um longo e emocionado abraço.

Jon, cuja verdadeira identidade ficou conhecida pelo público na sétima temporada, finalmente soube quem são seus verdadeiros pais. Quem contou foi o melhor amigo Sam (John Bradley-West). Este descobriu, pelas palavras da própria Daenerys, que seu pai e irmão foram executados por ela. Embora tenha um temperamento tranquilo, o aspirante a meister ficou insatisfeito e confrontou Jon sobre a atitude da rainha, dando a entender que a personagem de Clarke não deverá ter aceitação de muitas pessoas no Norte.

O fato de Jon ter se curvado a ela desagradou a alguns dos vassalos do Rei do Norte. O protagonista também montou, pela primeira vez, um dos dragões de Daenerys e deu um passeio romântico com a aliada e amante. O momento “novelesco” rendeu muitos memes nas redes sociais.

REINOS

Os reencontros não foram só em Winterfell. Na capital dos sete reinos, a rainha Cersei (Lena Headey) recebeu a Companhia Dourada, que não é tão forte como ela imaginava, e reviu Euron Greyjoy (Johan Philip Asbæk), com quem as relações foram um pouco além da aliança militar. Prisioneira do tio, Yara Greyjoy (Gemma Whelan) foi libertada pelo irmão Theon (Alfie Owen-Allen). Mas o mais emblemático foi mesmo na cidade nortenha, entre Jaime Lannister (Nikolaj Coster Waldau) e Brandon Stark (Isaac Hempstead-Wright), na última cena.

No primeiro episódio da série, Jaime jogou Bran da torre de Winterfell, quando Stark era apenas uma criança, e flagrou o relacionamento adúltero e incestuoso do cavaleiro com a irmã Cersei. Por enquanto, o contato foi apenas uma troca de olhares, em que Lannister se mostrou bem angustiado.

Sem grandes tensões, o primeiro episódio não mostrou o Rei da Noite, nem seu exército de mortos-vivos. Apenas o estrago que eles podem causar, quando ex-membros da Patrulha da Noite, o selvagem Tormund (Kristofer Hivju) e Beric Dondarrion (Richard Dormer), que estavam na Muralha, chegam a Última Lareira e encontram a carnificina deixada pelos white walkers. Em um momento digno de filme de terror, um garoto da família Umber, que estava pendurado na parede, volta à vida como zumbi, gritando e horrorizando os guerreiros. Considerando o que foi mostrado nos trailers e as informações sobre a grandiloquente cena de batalha produzida, a ação ficou para os próximos cinco episódios.


Publicidade