Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

AOS 90, POPEYE FICA FITNESS


postado em 18/01/2019 05:04

(foto: WILDBRAIN ENTERTAINMENT/DIVULGAÇÃO)
(foto: WILDBRAIN ENTERTAINMENT/DIVULGAÇÃO)

Nova versão do personagem produzida para veiculação no YouTube traz o marujo cultivando seu espinafre em casa, com a ajuda de Olívia, uma inventora empoderada. O cachimbo foi substituído por um apito
Com o cachimbo sempre na boca, o chapéu de marinheiro e a âncora tatuada em seu braço musculoso, o icônico personagem Popeye celebra 90 anos. Para comemorar o aniversário, o marujo ganhou uma nova versão, bem diferente da original, para conquistar o público mais jovem, chamada Popeye’s island adventures, que será distribuída pelo YouTube.

Na série, Popeye aparece mais jovem, com cabelos loiros por baixo do chapéu de marinheiro, respeita o meio ambiente e, em vez de usar suas tradicionais latas de espinafre, cultiva a planta no teto de sua casa. Seu inimigo Brutus não se interessa mais por Olívia Palito e tem como missão roubar os espinafres de Popeye, que contêm poderes mágicos.

Nessa versão politicamente correta, Olívia é uma inventora empoderada, independente e que ajuda Popeye em suas aventuras. O desenho tem sido criticado na internet, já que nem o cachimbo está presente, tendo sido substituído por um apito. A sequência tem 25 episódios, cada um de dois minutos e sem diálogos.

FENÔMENO Popeye foi criado pelo cartunista americano Elzie Crisler Segar em 17 de janeiro de 1929. Desde então, se tornou um verdadeiro fenômeno, protagonizando curtas-metragens, desenhos animados, quadrinhos, jogos de videogame, campanhas publicitárias e um filme da Disney, dirigido por Robert Altman e com o personagem sendo interpretado por Robin Williams.

Popeye ainda incentivou milhões de crianças a consumir espinafre, vegetal responsável por sua força. Nos anos 1930, o consumo da planta aumentou em 30%, o que fez os agricultores da cidade americana de Crystal City e a indústria de Arkansas erguerem estátuas em agradecimento ao marujo. (ANSA)

Série abandona ironia com gays
No ar desde 1998 e conhecida por seu humor “sem limites”, a série Family guy – também conhecida como Uma família da pesada – parece estar pronta para mudar o tom de algumas piadas consideradas homofóbicas. Em entrevista ao site TV Line, os produtores Rich Appel e Alec Sulkin explicaram por que a série não fará mais piadas sobre homossexuais.Os dois foram questionados se estavam falando sério em relação à frase do personagem Peter Griffin sobre a série estar “tentando superar” piadas sobre gays. “De certa forma, sim. Se você assistir a uma série de 2005 ou 2006 e colocar ao lado de uma série de 2018 ou 2019, elas terão algumas diferenças. Algumas coisas que nos sentíamos confortáveis em falar e piadas que fazíamos àquela época, hoje entendemos que não são aceitáveis”, afirmou Sulkin.

Appel disse que essa decisão acompanha o ritmo de evolução da sociedade, que mudou a forma como se encaram as piadas: “Se uma série ficou literalmente 20 anos no ar, a cultura mudou. O clima é diferente, a cultura é diferente e nossas visões são diferentes. Elas foram moldadas pela realidade ao nosso redor, então acho que a série precisa mudar e evoluir de diversas maneiras”.


Publicidade