Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Salim Mattar apresenta o cronograma das privatizações no Brasil

Secretário especial de Desestatização diz que a Casa da Moeda será vendida até o final deste ano


postado em 31/01/2020 04:00

 (foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O empresário mineiro Salim Mattar, colocado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, no cargo de secretário especial de Desestatização, órgão destinado a privatizar as principais estatais brasileiras, que até agora se manteve discreto em sua função, participou na quarta-feira, em São Paulo, do encontro Latin America Investment Conference. No evento, explicou o processo de desestatização em 2019 e a programação para este ano e 2021.

***

Mattar revelou que em 2019 foram privatizadas 71 estatais, com as vendas tendo alcançado a cifra de R$ 105,4 bilhões. Para 2020, está programada a venda de nada menos de 300 estatais, operações que muita gente duvida que sejam realizadas in totum. De acordo com ele, no quadro de venda dessas 300 estatais, até agora foram privatizadas sete empresas pelo valor de R$ 7,5 bilhões.

***

Até o final deste ano, a Casa da Moeda deverá ser vendida. Para 2021, estão previstas as privatizações da Dataprev (junho), Telebras (julho), Correios (dezembro) e Codesp (dezembro). Já a venda da Empresa Brasileira de Comunicações deverá ocorrer em janeiro de 2022. Quanto ao BNDES, não há data prevista. Enfim, como se vê, o processo corre o risco de terminar quando estiver encerrado o governo de Bolsonaro, possivelmente sem alcançar as metas propostas.

CHUVAS
SOLIDARIEDADE

O Supermercados BH montou espaço em suas lojas para receber doações de mantimentos, produtos de higiene pessoal e artigos de limpeza destinados às vítimas das inundações que têm castigado Minas Gerais. Os endereços dos pontos de coleta estão disponíveis no site http://www.supermercadosbh.com.br/novidades/2020/01/supermercados-bh-recebe-doacoes-para-desabrigados. As doações serão recolhidas pela Cruz Vermelha e encaminhadas às regiões afetadas pelas chuvas.

MINERAÇÃO
MERCADO DE CAPITAIS

O presidente do Conselho do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), o mineiro Wilson Brumer, lançou projeto para modificar a atuação do setor no Brasil com o objetivo de dar à área estrutura integrante do mercado de capitais, com operações nas bolsas de valores. A medida poderia proporcionar maior vitalidade à mineração brasileira, principalmente no estímulo à pesquisa, sobretudo no que toca aos minérios raros, área em que a China vem fazendo grandes avanços.

TIRADENTES
DOCUMENTÁRIO EM DESTAQUE

Entre os documentários que produziram impacto na 23ª Mostra de Cinema de Tiradentes, que se encerra amanhã, está o trabalho produzido por Maurício Rezende denominado Sequizágua, que focaliza as atribulações de pequenos agricultores do Norte de Minas, atormentados pela falta d'água. O detalhe a se destacar é que o filme denuncia a ação danosa de plantações de eucaliptos em regiões áridas, como é o caso da área focalizada no documentário. A grande plantação de eucaliptos suga e drena as reservas de água, deixando os agricultores em condição de penúria extrema, inclusive passando fome. O filme revela um grande problema que é pouco focalizado.

MÚSICA
PRESTÍGIO POPULAR

Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa, Elba Ramalho, Roberto Carlos e Milton Nascimento continuam os ícones da MPB, astros brilhantes. No entanto, no momento, quem está mandando mesmo no Brasil é a música sertaneja. Pelas pesquisas, ela domina cerca de 30% do mercado nacional, superando o pop rock, o funk, o pagode e outras manifestações que se tornaram o deleite do brasileiro. Em 2019, por exemplo, a música Atrasadinha, do cantor sertanejo goiano Felipe Araújo, segundo o Ibope Media, foi a mais ouvida do ano. Só no setor do rádio, registrou mais de 1 bilhão de “impactos”. Os sertanejos estão ganhando milhões, tanto quanto Neymar. E exagerando mais do que ele.

JANTAR DANÇANTE
LILIAN RIDES AGAIN

A promoter Lilian Furman, que passou dezembro e janeiro em recesso social, abre, em 7 de fevereiro, a série de jantares dançantes de 2020, a serem realizados neste primeiro semestre, no Automóvel Clube. O dancing dinner terá lugar nos salões do terceiro andar e o chef Nélio aproveitará para fazer o lançamento do novo cardápio do clube. Atrações italianas acompanhando as francesas. Música a cargo de Ênio Bretas.

RAONI
CACIQUE EM LONDRES

O cacique Raoni, apesar de já estar perto dos 90 anos, continua com uma vitalidade impressionante. No final de 2019, participou de três encontros na Europa em defesa da Amazônia. No início deste mês, promoveu, no Xingu, uma reunião de tribos da região amazônica para protestar contra a política do governo em relação aos indígenas. Quarta-feira, teve um embarque tumultuado no aeroporto de Guarulhos ao viajar para Londres, revistado pela polícia (logo ele). Foi participar como convidado especial de um encontro ecológico na Universidade de Oxford.

CERTIFICADO ISO
FUNDAÇÃO SÃO FRANCISCO

A Fundação Hospitalar São Francisco de Assis (FHSFA), instituição filantrópica de BH com atendimento 100% SUS, acaba de conquistar a Certificação ISO 9001:2015. A acreditação, concedida à Unidade Santa Lúcia, especializada em ortopedia, reconhece os requisitos da instituição na garantia de seus padrões de qualidade. A apresentação do certificado ocorreu em BH, com a presença do presidente do conselho curador da fundação, diácono Paulo Taitson, do presidente do conselho diretor, Gonçalo de Abreu Barbosa, de membros da diretoria e colaboradores. Ressalte-se que a fundação é líder em Minas Gerais no ranking de cirurgias ortopédicas.












*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade