Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Zé Aparecido, o amigo do peito do reservado Lázaro Brandão

O mineiro José Aparecido de Oliveira era uma das raras pessoas que conseguiam levar o ex-presidente do Bradesco a eventos sociais. O banqueiro foi três vezes a Conceição do Mato Dentro, onde recebeu o título de cidadão honorário


postado em 19/10/2019 04:00 / atualizado em 18/10/2019 18:03

José Aparecido de Oliveira e o banqueiro Lázaro Brandão na entrega ao então presidente do Bradesco do título de cidadão honorário de Conceição do Mato Dentro(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
José Aparecido de Oliveira e o banqueiro Lázaro Brandão na entrega ao então presidente do Bradesco do título de cidadão honorário de Conceição do Mato Dentro (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
O famoso banqueiro paulista Lázaro de Mello Brandão – que, mais que Amador Aguiar, transformou o Bradesco em um dos maiores bancos do país, onde trabalhou por 76 anos – não tinha muitos amigos íntimos. Quase só relacionamentos ligados a negócios. Porém, um dos grandes amigos de Lázaro, falecido na quarta-feira, foi José Aparecido. O ex-embaixador mineiro era uma das raras pessoas que conseguiam tirar o presidente do Bradesco do sério, fazendo com que deixasse os compromissos bancários para atender a convites pessoais.

José Aparecido levou Lázaro Brandão três vezes à sua terra natal, Conceição do Mato Dentro: para a festa dos 300 anos da cidade, para dar a ele o título de cidadão honorário e para comemorar seu aniversário. O banqueiro, que fugia de festas, frequentou réveillons no apartamento de José Aparecido na Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro. Resistir a Zé Aparecido era difícil. Tanto que era o único amigo de Jânio Quadros que conseguia controlar o ex-presidente, mesmo em suas crises. Só não conseguiu evitar a renúncia.
 
 
GARFINKEL
VISITA A MINAS
Esta semana, esteve em visita de negócios a BH o empresário Jayme Garfinkel, dono da seguradora Porto Seguro, um dos homens mais ricos do Brasil e integrante da lista de bilionários da revista Forbes. Aproveitou o Dia do Corretor de Seguro para participar do encontro realizado no escritório regional, atendendo a convite de Wesley Andrade, diretor da empresa em Minas Gerais. Consolidador do crescimento da seguradora no mercado brasileiro, recomendou aos funcionários mineiros que se inspirem no lema olímpico mais alto, mais forte e mais seguro.

PORTUGAL
FESTIVAL FARTURA
Em novembro, o projeto gastronômico Fartura – Comidas do Brasil, criado e dirigido pelo mineiro Rodrigo Ferraz, desembarca na Europa. No dia 14, no Espaço Espelho D'Água, em Lisboa, será aberto o 3º Festival Fartura Portugal, que vai até 17 de novembro com movimentada programação. Haverá participação de vários chefs brasileiros, que atuarão em parceria com colegas lusitanos. Na abertura, os chefs Flávio Trombino, de BH, Marina Araújo e João Lima vão discutir com Luiza Fecarotta e Patricia Tavares os elos entre as cozinhas brasileira e portuguesa. Mais detalhes dopo.

ENERGIA SOLAR
CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL
A construtora Patrimar, uma das maiores do estado, aderiu de vez à energia solar e à construção sustentável. Diretores da empresa, da Cemig SIM e da Mori Energia assinaram contrato para implantar em seis empreendimentos da Patrimar sistemas de energia fornecida por equipamentos fotovoltaicos. Isso proporcionará à construtora não só grande redução de custos, como provocará eliminação de poluição estimada em 34t de CO2 por ano.

 
FASANO BH
PRIMEIRO ANIVERSÁRIO
No coquetel-bufê comemorativo do primeiro aniversário do Hotel Fasano de BH, realizado no Bar Baretto, a música foi do conjunto Happy Feet Jazz Band, de Marcelo Teixeira da Costa, considerado um dos melhores do Brasil. A decoração foi assinada por Cláudia Dodd. Rogério Fasano, chefão do Grupo Fasano, veio de São Paulo prestigiar o evento, anfitrionado por Maria Inês e o engenheiro Miguel Safar. Bufê especial a cargo do Gero, o restaurante da casa. Entre as muitas presenças, Adriana e Rodrigo Carneiro, Pedro Mares Guia, Raquel Coelho, Triciane Wanderley, Erika Wanderley e muita gente mais.


FILARMÔNICA
TEMPORADA 2020
No concerto de quinta-feira da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, em que a atração principal foi a pianista coreana Joyce Yang, foi lançada a temporada 2020 do grupo. Houve apresentação do catálogo com a programação completa dos concertos, que serão realizados na Sala Minas Gerais, e respectivos convidados. Houve também o lançamento da campanha de assinaturas, que possibilitam ao amante da música erudita garantir ingressos para todas as apresentações da Filarmônica. O destaque ficará por conta da celebração dos 250 anos de nascimento de Beethoven, o monstro sagrado da música clássica.
 
 
ACADEMIA MINEIRA
NOVO INTEGRANTE
Desta vez, não ocorreu a tradicional visita à casa do recém-eleito para a Academia Mineira de Letras (AML) pelo grupo de acadêmicos encarregado de comunicar oficialmente sua admissão na instituição. A comunicação ao professor Wander Melo Miranda, eleito para a vaga de Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza, ocorreu na sede da AML. Além do presidente da casa, Rogério Faria Tavares, deram as boas-vindas a Miranda os acadêmicos Antenor Pimenta, Angelo Oswaldo, Jacyntho Lins Brandão, Caio Boschi, Yeda Prates Bernis, Márcio Sampaio e Olavo Romano.
 
 
MINAS TÊNIS
ELEIÇÃO DO CONSELHO
A chapa apoiada pela diretoria do Minas Tênis Clube venceu a eleição dos 100 membros do Conselho Deliberativo, que é integrado por 300 conselheiros. A Renovação, chapa do grupo da oposição, perdeu por pouca diferença. Em novembro, ocorrerá a escolha da diretoria executiva do clube pelo Conselho Deliberativo. A previsão é de que não haja chapa de oposição ou movimento nesse sentido. Como sempre, predominará a chapa única. A união faz a força.
 
 
UNA
SUCESSO NO ENADE
No mês em que celebra seus 58 anos, a UNA festeja os bons resultados obtidos por três de seus cursos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Obtiveram nota 5, a graduação máxima, os cursos de gestão comercial (UNA Barreiro BH, melhor do Brasil), logística (UNA Betim, melhor de Minas) e gestão financeira (UNA Uberlândia, melhor de Minas). Outros 18 obtiveram nota 4. Dos 7.276 cursos de instituições particulares brasileiras, só 240 (3,3%) obtiveram o conceito 5. O exame do Enade é aplicado pelo governo federal aos concluintes da graduação.


 


Publicidade