Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Stúdio N propõe restauração da área dos edifícios Sulacap e Sulamérica

Núcleo de estudos do Centro Universitário Newton Paiva quer resgatar a pracinha de um dos marcos arquitetônicos de Belo Horizonte. Projeto será entregue à prefeitura da capital


postado em 08/10/2019 04:00

O cirurgião plástico Luiz de Gonzaga Novaes Guimarães na inauguração da nova sede mineira da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), com o presidente da Regional Minas Gerais, Alexandre Meira, e o presidente nacional, Niveo Steffen(foto: Luciano Figueroa/Divulgação)
O cirurgião plástico Luiz de Gonzaga Novaes Guimarães na inauguração da nova sede mineira da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), com o presidente da Regional Minas Gerais, Alexandre Meira, e o presidente nacional, Niveo Steffen (foto: Luciano Figueroa/Divulgação)
O cirurgião plástico mineiro Luiz de Gonzaga Novaes Guimarães veio especialmente de Brasília a Belo Horizonte para a homenagem ao doutor Fábio Lage Corrêa Rabello, um dos pioneiros da cirurgia plástica no Brasil. Guimarães modificou sua agenda de compromissos na capital federal e, com satisfação, representou a família de Fábio Rabello na inauguração da nova sede da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Regional Minas Gerais, no Bairro de Lourdes. A unidade leva o nome de Rabello, que é referência nacional na especialidade, formou-se em BH e teve rica trajetória profissional que passou por Brasília, pelas mãos do também saudoso JK. 
>>>

 Luiz de Gonzaga Novaes Guimarães  teve oportunidade de ser um dos residentes de Fábio Rabello, que era primo de Ivo Pitanguy. “Uma das filhas dele, Marina, me ligou pedindo para que eu representasse a família, uma vez que ela estava impossibilitada de comparecer ao evento por motivo de luto. Fui aluno e amigo dele, além de termos trabalhado juntos por muito tempo. É uma justa homenagem”, disse.  No discurso durante a solenidade, relembrou a luta do especialista em implantar a medicina igual para todos. “Amigo, confidente, exemplo, professor, colega. Que me ensinou tudo, principalmente a ter tolerância com as injustiças e maldades da vida. Profissional que espero honrar à altura. Eu, inclusive, fui paciente dele em uma cirurgia de mão”, destacou.

PÃO
QUEDA NAS VENDAS

A venda do pão francês no mercado brasileiro nunca preocupou as padarias, pois se trata de produto de consumo praticamente obrigatório. No entanto, nos últimos tempos, o setor anda incomodado com a queda de 5% registrada em 2018, e a tendência continua este ano. A Associação Brasileira da Indústria da Panificação deve lançar campanha visando aumentar o consumo, a fim de que a procura retorne aos níveis anteriores. No momento, analisa as razões da diminuição das vendas. Se foi a queda de qualidade, os constantes aumentos do preço do paõzinho ou os dois juntos.

UNIVERSIDADES
MANTENDO A POSIÇÃO

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) continua mantendo sua posição de destaque na cúpula das melhores instituições de ensino superior do país. No último ranking geral, a UFMG ficou em quarto lugar, só perdendo para as paulistas USP e Unicamp e para a UFRJ, do Rio de Janeiro. Já a Universidade Federal de Viçosa caiu para o 15º lugar entre as instituições públicas avaliadas. No que toca ao setor privado, a Católica (PUC Minas) ficou em 7º lugar entre as 50, uma boa posição.

PESAR
REGISTROS PÓSTUMOS

A coluna faz o registro de três falecimentos ocorridos nos últimos dias, lamentados pela sociedade belo-horizontina. Um deles foi o do veterano jornalista Leopoldo José de Oliveira, que iniciou sua carreira no Diário de Minas e militou durante vários anos na sucursal de O Globo em BH. Foi também assessor de imprensa da Construtora Mendes Júnior. Também morreu o engenheiro Pedro Jorge Magalhães, que atuou por vários anos na Vale. O terceiro falecimento foi o do empresário Irving Kraft, figura alegre e extrovertida, sempre presente em eventos sociais da capital.

ABDE/WWF
QUESTÕES AMBIENTAIS

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), que reúne instituições de fomento públicas e privadas do país, promove, na sexta-feira, na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), a edição Sudeste do 2º Ciclo de Seminários Regionais de Desenvolvimento. Detalhe especial: o evento será realizado em parceria com o World Wide Fund for Nature (WWF), a famosa entidade mundial defensora do meio ambiente.

Entre os aniversariantes de hoje em BH, a elegante Josefina Velloso, que comemora a data em família. A propósito, se estivesse vivo, o magnata da imprensa Adolfo Bloch, fundador do grupo Manchete, estaria festejando hoje seus 110 anos. Ele adorava dar festas de aniversário.

USIMINAS
PATROCÍNIO

Depois de deixar de patrocinar atividades da Fundação Clóvis Salgado (FCS) por três anos, a Usiminas anuncia que retomará o apoio a uma das mais importantes instituições culturais de Minas Gerais. A notícia é boa em todos os sentidos, ou melhor, em dois pontos primordiais. Primeiro: demonstra que a empresa superou seus problemas financeiros. Além da FCS e da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, retomou a parceria com o Galpão Cine Horto. Segundo ponto importante: essas entidades culturais voltam a receber apoio significativo para manter seus projetos.

MOMA
NOVA EXPANSÃO

Enquanto museus brasileiros vivem à míngua, nos Estados Unidos, ocorre justamente o contrário, o que, aliás, não é de se admirar, pois em país rico, em se tratando de cultura, as coisas são bem diferentes. Fato é que o Museu de Arte Moderna de Nova York, o famoso MoMA, onde se encontram telas famosíssimas, faz festa no dia 21 para marcar a terceira expansão de suas instalações. Vai ganhar um espaço de 3,7 mil metros quadrados. Comprou o edifício anexo do American Folk Art Museum, que se transferiu para um local maior. O avanço do MoMA na “apertada” Manhattan custou a bagatela de US$ 450 milhões.

AUTOMÓVEL CLUBE
ENLACE VARÃO/PEDERNEIRAS

Na noite de sábado, casamento elegante que movimentou os salões de festas do Automóvel Clube (Dourado e Príncipe de Gales) foi o de Maria Vitória Varão com Felipe Pederneiras. A noiva é filha do desembargador Jair Varão. Festa para 250 convidados. Decoração caprichada de Helô Newton. Presenças de figuras da magistratura, meios jurídicos e de gente de sociedade.

NO ATAQUE
CERVEJAS ARTESANAIS

No sábado, Dia de Nossa Senhora Aparecida e também das crianças, a Praça Quatro Elementos, no Jardim Canadá, volta ser agitada pela Feira Experimente, que estará festejando sua quinta edição. Participam 29 das mais conhecidas cervejarias mineiras, entre elas Albanos, Krug, Backer, Prússia, Mythic, Loba, Mils e Laut.


Publicidade