Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Sampaoli reforçou o Galo exatamente como previmos

Desde a contratação do treinador pelo Atlético, em março, revelei que ele não gostava da zaga disponível e que tentaria trazer mais um goleiro


postado em 08/07/2020 04:00

 Contratado em março pelo Atlético, Jorge Sampaoli vem reforçando o time exatamente como previsto em nossas colunas(foto: GLADYSTON RODRIGUES/EM/D.A PRESS %u2013 9/3/20)
Contratado em março pelo Atlético, Jorge Sampaoli vem reforçando o time exatamente como previsto em nossas colunas (foto: GLADYSTON RODRIGUES/EM/D.A PRESS %u2013 9/3/20)


Quando Jorge Sampaoli foi contratado, em março, por meio de uma fonte dei as seguintes informações: Sampaoli não gosta dos zagueiros atleticanos, exceto Gabriel. Ele quer a contratação de dois zagueiros, do goleiro Campaña e de dois homens do meio-campo e dois atacantes. Muita gente quis me desmentir, pois o Galo havia contratado o goleiro Rafael, reserva no Cruzeiro. O detalhe é que Sampaoli, na casa de Renato Salvador, disse ao presidente: “Quero um goleiro que saiba jogar com os pés. Campaña é o meu indicado”. O presidente já havia se apalavrado com Rafael e não quis voltar atrás. Passados três meses, tudo o que antecipei se confirmou. O Galo contratou dois zagueiros, dois volantes e atacantes. Campaña está sendo tentado, pois é um sonho de Sampaoli desde que era técnico do Santos. Se vai ser contratado ou não, não é comigo, é com quem paga. Com certeza, nos treinamentos até aqui, Sampaoli não gostou da performance de Victor e Rafael. Eu não concordo com isso. Um técnico, quando contratado, tem de saber fazer jogar os atletas que estão à disposição. Guardiola fez o mesmo no Manchester City. Não gostava dos goleiros que lá estavam e contratou o brasileiro Ederson, que joga muito bem com os pés. Na Europa, os técnicos gostam de goleiros que atuam como líberos. Jurgen Klopp, técnico do Liverpool, também contratou Alisson, brasileiro que atuava na Roma, e é craque com os pés.
 
Quando dei a informação, eu estava sabendo de tudo o que estava ocorrendo com relação à contratação de Sampaoli. Minha fonte era quente e forte. Os dirigentes gostam de negar, os “coleguinhas” querem desmentir, mas ficam todos com cara de tacho quando tudo se confirma. O Atlético está montando um time em condições de brigar com Flamengo, Grêmio e Palmeiras. Porém, isso só vai ocorrer se os jogadores contratados se encaixarem no esquema de jogo do treinador. Como Flamengo, Grêmio e Palmeiras mantiveram a base do ano passado e ainda se reforçaram, têm mais entrosamento, mais qualidade e um tempo grande à frente. A torcida alvinegra aposta em Sampaoli pelo trabalho que ele fez no Santos. O Galo tem uma única vantagem: o fato de disputar apenas o Brasileirão, já que foi eliminado da Copa do Brasil de forma vergonhosa. Sendo assim, pode se concentrar numa única competição e isso pode ser importante.
 
Rubens e Rafael Menin, donos da MRV e outras empresas importantes, estão doando dinheiro ao clube, o terreno para a construção do estádio, e emprestando dinheiro sem juros para o clube pagar quando puder. Não há dúvida de que os torcedores estão eufóricos com a dupla e torcem para que mais jogadores cheguem. Como atleticanos que são, pai e filho querem ver seu clube com taças e não medem esforços para que isso ocorra. Rubens Menin disse, em entrevista recente, que não pensa em ser presidente. Já seu filho, que é vice-presidente do conselho do clube, deve sonhar com a presidência. Não sei se seria candidato em dezembro. O importante, porém, é que, dirigindo o clube ou não, eles estão ajudando de forma incondicional. Sampaoli pede e eles contratam. Por isso a expectativa de título brasileiro nesta temporada, embora eu ache difícil. Sei que o objetivo dos Menin é ver o Atlético com um time muito forte em 2022, para a inauguração do estádio. Provavelmente, o Galo conseguirá uma vaga na Libertadores do ano que vem e isso vai motivar a dupla a contratar ainda mais. Jogos do Galo são sinônimo de casa cheia, e o torcedor não vê a hora de a bola rolar.
 
Sampaoli mantém seu estilo de falar pouco, de dar entrevista quando quiser e de não dar papo para o presidente do clube. Foi assim no Santos, quando desautorizou o presidente várias vezes e acabou saindo do clube brigado, pela porta dos fundos. O argentino é “cri-cri” e não aceita ingerência no seu trabalho. Acredito que no time quem deve mandar é o treinador. Ele deve pedir as contratações e cuidar de montar uma grande equipe. Porém, no mais, quem tem de mandar é o presidente, se não, ficará como figura decorativa. O presidente do Santos bateu à mesa e disse que lá quem mandava era ele. Por isso Sampaoli saiu. Vamos ver se no Atlético ele entende que há uma hierarquia. O Galo está na fila do Brasileirão há 49 anos. Foi o primeiro campeão, em 1971, e de lá para cá, vários vice-campeonatos, mas nada de taças. Somente na gestão Kalil, o eterno presidente e mais vencedor, conquistou uma Libertadores, Copa do Brasil e Recopa. De lá para cá, passou em branco. A ideia de Rubens e Rafael Menin é a de ver o Atlético no lugar mais alto do pódio, comemorando o caneco. Se não for nesta temporada, poderá ser na próxima ou em 2022. O importante é que o aporte da dupla tem dado um novo norte e uma esperança maior para o sofrido torcedor alvinegro. Taças são o único objetivo daqui para a frente. Um grande clube é feito de conquistas, e, nesse quesito, a sala de troféus do alvinegro anda maltratada.

Alterosa Esporte

A reestreia do Alterosa Esporte, segunda-feira, foi um grande sucesso. O cenário ficou belíssimo, com um telão gigante. Isabel Guimarães apresenta o programa ao lado de Leopoldo Siqueira, e a bancada continua forte com Dario, o Rei Dadá, Toledo e Hugão. Um trio de respeito e qualidade. Sempre às 11h45, o programa de esportes de maior audiência de Minas Gerais promete manter a liderança, levando as notícias com a seriedade e o humor de sempre. Em breve, teremos mais novidades.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade