Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas BOMBA DO JAECI

R10 vai passar seus 40 anos na cadeia

É muito triste ver um ídolo mundial atrás das grades


postado em 21/03/2020 04:00

Preso no Paraguai desde o início do mês, Ronaldinho Gaúcho vai passar o aniversário atrás das grades(foto: Norberto Duarte/AFP - 7/3/20)
Preso no Paraguai desde o início do mês, Ronaldinho Gaúcho vai passar o aniversário atrás das grades (foto: Norberto Duarte/AFP - 7/3/20)


Ronaldinho Gaúcho não imaginou, nem nos seus piores pesadelos, passar o aniversário de 40 anos na cadeia. O craque e seu irmão, Roberto Assis, estão presos numa penitenciária do Paraguai por terem entrado naquele país com documento falso. A vida de Ronaldinho, tanto pessoal quanto financeira, é tocada pelo irmão e empresário, e pela irmã, Deise. Talvez ele nem saiba o valor de sua fortuna, pois se preocupa somente em dar exibições pelo mundo, como grande ídolo que é, com mais de 100 milhões de seguidores em suas redes sociais. A torcida de todos nós, que conhecemos Ronaldinho, é para que tudo se resolva da melhor maneira possível, e que ele e o irmão possam provar a inocência. É muito triste ver um ídolo mundial atrás das grades. Os colombianos Rincón e Higuita já passaram por isso, mas conseguiram provar inocência e hoje estão em liberdade.

Clubes querem prorrogar

Os clubes brasileiros pedem ao ministro da Economia, Paulo Guedes, para prorrogar o pagamento das parcelas do Profut por causa da paralisação das competições. Acho justo, mas antes de se preocupar com o futebol, o governo brasileiro tem que cuidar da população, principalmente dos pequenos empresários e dos autônomos, impedidos de trabalhar por terem que fechar as portas dos estabelecimentos. O futebol pode ficar para último plano. Chega de privilegiar os clubes com Refis e mais Refis, perdões e mais perdões de dívidas. O sofrido povo brasileiro não tem nenhum privilégio quando se trata de anistia, por que os clubes teriam essa prerrogativa? Claro que haverá prejuízos para todos, mas entre povo e o futebol, fico com a população. É ela quem está sofrida a maltratada.

Irresponsáveis

Os dirigentes do PSG estão 'P' da vida com Neymar e Thiago Silva, que em vez de ficarem em quarentena em Paris, foram para o Brasil. Como o time chegou às quartas de final da Champions League, o medo dos dirigentes franceses é de que na volta à França Neymar e Thiago Silva tenham que ficar em quarentena, sendo impedidos de atuar. Realmente esses caras parecem não ter responsabilidade com o clube. O uruguaio Cavani é outro que resolveu ir para seu país. Já Marquinhos, zagueiro brasileiro, ficou na Cidade Luz, cumprindo, assim, o que o clube determinou. Thiago Silva, recentemente, mostrou um iate pelo qual pagou R$ 6 milhões, que fica ancorado no Rio. Que ele tem dinheiro para isso, é sabido, mas, num momento em que temos 13 milhões de desempregados – antes do Coronavírus surgir – e que 30 milhões de brasileiros vivem do subemprego, seria prudente ele não exibir esse tipo de coisa. Ele tem o direito de comprar o que quiser, mas deveria ter consciência de que nasceu num país pobre, de quinto mundo, onde a maioria das pessoas não tem nem sequer água e esgoto.

Otero virou solução

O venezuelano Otero esteve fora dos planos do Galo e foi emprestado ao mundo árabe. Voltou e fez sua melhor partida no clube diante do Cruzeiro, no clássico no qual marcou o gol da vitória (foto) – um golaço, por sinal. De repente, virou insubstituível e o clube quer antecipar sua renovação. Realmente o Atlético é um time perdido e sem rumo. As fichas estão apostadas em Jorge Sampaoli pelo trabalho que ele fez no Santos. Porém, sem grupo de qualidade, nada feito. Conforme antecipei há algumas semanas, Sampaoli quer um goleiro que saiba jogar com os pés, e o clube já autorizou empresários a buscarem o uruguaio Campaña, do Independiente da Argentina, sonho de consumo de Sampaoli. A verdade sempre vem à tona.

Enderson Moreira

Nos times grandes, ele sempre fracassou. Na Série B, parece que fez trabalhos mais elogiados. Agora no Cruzeiro, terá a missão de fazer o time subir no ano do seu centenário. Será que consegue? Como digo há tempos, o problema maior do Cruzeiro não é de técnico, e sim de jogadores. O nível técnico da maioria é ruim e os jovens estão sem suporte dos mais experientes.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade