Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Coluna

Bola extra!! Acabamos de ganhar um bônus adicional da pandemia

Os futurólogos já estão avisando que os empregos que têm muita rotina provavelmente serão ocupados pelos robôs e inteligência artificial


02/07/2020 04:00 - atualizado 02/07/2020 07:26

Com mais pessoas trabalhando em casa, vai sobrar o tempo dispendido antes com os deslocamentos até os escritórios(foto: Valery Hache/AFP 15/5/20)
Com mais pessoas trabalhando em casa, vai sobrar o tempo dispendido antes com os deslocamentos até os escritórios (foto: Valery Hache/AFP 15/5/20)

Os futurólogos já estão avisando que os empregos que têm muita rotina provavelmente serão ocupados pelos robôs e inteligência artificial’

Bola extra!! Acabamos de ganhar um bônus adicional

– Filho,  levanta que está na hora da sua aula.

– Mãe, eu vou assistir à aula gravada de tarde, fiquei jogando Fortnite até uma da manhã e ainda estou com sono.

– Querido, que hora você pode ir no supermercado? Estamos precisando de algumas coisas.

– Oh! meu amor, agora não posso, tenho algumas calls para fazer. Vou mais tarde. Será que não podemos pedir pelo aplicativo?

– Filhinha do coração, você não para de olhar o Instagram, será que não seria melhor ler um livro do que prestar atenção na vida dos outros?

– Mãe, estou assistindo a uma live da Anitta sobre política. Depois eu leio aquele livro que você me deu.

Quantas vezes já escutamos este tipo de história nos últimos 90 dias?

A dinâmica de nossas casas se alterou completamente. O ser humano se adaptou rapidamente aos novos tempos. O modelo antigo baseado na concentração de pessoas trabalhando nos mesmos horários e se movimentando pelas mesmas avenidas em direção aos prédios de escritório tem seus dias contados. Não acredito em uma mudança completa, mas uma boa parte das pessoas vai continuar neste modelo de trabalho doméstico. A revista The Economist fez um vídeo muito interessante dizendo que o modelo de padronização de horários e de concentração nos locais de trabalho foi baseado na Revolução Industrial, e estamos falando de 200 anos.

Será que precisamos realmente ir todos os dias para o escritório? Você já fez a conta de quanto tempo gasta com os deslocamentos diários? Eu fiz. Só de mudar de uma casa em um condomínio e voltar a morar dentro da cidade, ganhei uma hora por dia. 

Fazendo uma conta simples, ganhei 15 dias por ano. Já imaginaram se as pessoas não tivessem que se deslocar tanto, podendo trabalhar em casa, próximas de seus filhos, em horários variados, sem o estresse do trânsito e outros custos adicionais?  Essa é a oportunidade que está sendo oferecida pela pandemia. Lembrei-me dos tempos de fliperama, onde se você jogasse bem ganhava uma bola extra. Acabamos de ganhar um bônus adicional!

O problema é saber aproveitar esse tempo que foi criado a fórceps. Estamos acostumados a ficar ocupados. A velocidade do mundo pré-COVID era quase insuportável. Haja ansiolítico para tanta pressa. Os futurólogos já estão avisando, há algum tempo, que os empregos que têm muita rotina provavelmente serão ocupados pelos robôs e inteligência artificial. A pandemia está nos dando uma chance única de nos preparar para o que vem pela frente. 

Sei que não é fácil, pois é muita mudança em pouco tempo. Tente gastar esse tempo com o ócio criativo. Usando uma premissa das startups, erre rápido para consertar rápido. Aproveite a oportunidade que a pandemia está dando e divirta-se com o tempo que você ganhou!
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade