Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas HIT

Neste domingo tem 'Virada de mesa', a nova seção da coluna Hit

Inês Yamaguchi e Marco Alex Cerqueira revelam como driblaram a crise causada pela pandemia, oferecendo, via Instagram, delícias do mar


22/11/2020 04:00

No Muqueca, Inês Yamaguchi e Marco Alex Cerqueira preparam delícias do mar para os mineiros(foto: Acervo pessoal )
No Muqueca, Inês Yamaguchi e Marco Alex Cerqueira preparam delícias do mar para os mineiros (foto: Acervo pessoal )

Inês Yamaguchi e Marco Alex Cerqueira levavam uma vida relativamente tranquila num dos lugares mais desejados do mundo: Fernando de Noronha. Desde que se casou com o baiano, a stylist mineira se dividia entre temporadas em Belo Horizonte e no arquipélago pernambucano, onde o casal é sócio de Jorge e Edna no Tricolor, restaurante famoso pela moqueca deliciosa. Há quem diga que é uma das melhores do país.

“O sabor do peixe de lá é muito diferente. A ilha está muito afastada da costa, sem poluição”, diz Inês.

Tudo ia muito bem até o dia em que a ilha foi fechada por causa da COVID-19. Inês estava em Belo Horizonte trabalhando em um catálogo de moda, Marco saiu de lá num dos últimos voos e veio para Minas. Na bagagem, ele manteve a tradição de suas visitas à capital, trazendo alguns quilos de peixes e camarões para distribuir para a família da mulher.

Desta vez, atendendo a pedidos, o casal passou a cozinhar para os amigos. O sucesso do boca a boca foi rápido. Em pouco tempo, Inês e Marco já estavam com a barriga no fogão preparando as delícias que transformaram o Tricolor em uma das referências gastronômicas de Noronha.

No início, o casal trazia os peixes da ilha, proporcionando aos pescadores uma fonte de renda, pois não havia previsão de reabertura por lá. Com o passar do tempo, eles conseguiram outros fornecedores de produtos de qualidade.

Não só essa qualidade garantiu o sucesso do Muqueca por aqui. Inês acredita que pelo fato de terem sido os primeiros a fazer entregas por delivery, eles conquistaram os consumidores, que continuam lotando a agenda de pedidos, especialmente nos finais de semana. O atendimento se dá via Instagram (@muqueca_aqui).

O cardápio não se restringe à moqueca.

O casal prepara outras delícias, como arroz de polvo, camarão e lagosta.

Por enquanto, Inês e Marco não sabem quando voltarão para Noronha, mas os fãs do Muqueca torcem para tê-los por aqui mesmo depois de a pandemia passar.

* Este é o novo espaço da coluna Hit aos domingos. Por aqui, sempre haverá histórias de pessoas que conseguiram dar a volta por cima ao enfrentar a crise provocada pela pandemia.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade