Publicidade

Estado de Minas

Vaquinha virtual reúne 15 instituições na plataforma Cidade do Bem

Instituto Gil Nogueira, que trabalha para reduzir o analfabetismo funcional, faz parte do projeto


postado em 04/09/2019 04:00

Marcela Bartolomeo na abertura da exposição Revisões concretas %u2013 Olavo Machado Neto e Zanini de Zanine, no Museu das Minas e do Metal (foto: Bárbara Dutra/Divulgação)
Marcela Bartolomeo na abertura da exposição Revisões concretas %u2013 Olavo Machado Neto e Zanini de Zanine, no Museu das Minas e do Metal (foto: Bárbara Dutra/Divulgação)

 
 
INSTITUTO GIL NOGUEIRA
CROWDFUNDING SOCIAL

O Instituto Gil Nogueira (IGN) é uma das 15 instituições que integram a plataforma Cidade do Bem, 
primeiro crowdfunding social do país. Ao acessar o site www.cidadedobem.com/campanha/institutogilnogueira, o doador escolhe uma ou mais instituições para destinar valores a partir de R$ 10 mensais, com pagamento por meio do cartão de crédito ou boleto bancário. O IGN atua há 13 anos desenvolvendo ações junto à sociedade com o objetivo de reduzir o analfabetismo funcional por meio da leitura através do projeto Ler é Viver, que difunde a literatura entre alunos da rede pública de Belo Horizonte e algumas cidades do interior mineiro.
 
nova cerveja
SEM GLUTEN

O mestre cervejeiro Mozart Nogueira e o empresário Júlio Martins marcaram para 19 de setembro, no Vila da Serra, o lançamento da marca de cerveja artesanal sem glúten, Rainha da noite. O evento contará com apresentação da soprano Caroline Peres, que vai interpretar a ária composta Mozart na ópera A flauta mágica, que serviu de inspiração para o nome da nova cerveja mineira.


BOA AÇÃO
ALEGRIA E LEVEZA

Cerca de 18 alunos participaram de ação social promovida pelo Colégio Padre Eustáquio. Durante uma semana, eles visitaram as casas de idosos e enfermos da capital, levando carinho, atenção e amor. O projeto foi encerrado com visita ao Hospital Alberto Cavalcanti, no Padre Eustáquio, onde os alunos realizaram uma série de atividades buscando levar alegria e leveza aos pacientes. “Toda a ação foi pensada em conjunto, alunos e Serviço de Pastoral do Colégio (Servipas). É importante que os nossos estudantes entendam que a escola é um espaço de aprendizado e aprimoramento do ser humano. Todos podemos ajudar a construir um mundo melhor e mais amoroso”, afirma o coordenador do Servipas, Fabiano Pandini.


MEIO AMBIENTE
BOM EXEMPLO

O programa de coleta seletiva de Furnas recolheu e deu o destino correto para mais de 2,5 mil toneladas de resíduos sólidos e 27 mil litros de óleo de cozinha, recolhidos nos últimos 10 anos. A iniciativa beneficia 2.500 famílias de 30 associações e cooperativas de catadores, além, claro, de reduzir o volume de lixo que seria despejado no meio ambiente. 


Publicidade