Publicidade

Estado de Minas

Zezé di Camargo, Luciano, Chitãozinho, Xororó e Leonardo em BH

Amigos levam 20 mil pessoas à Esplanada do Mineirão. Durante três horas, plateia cantou os sucessos dos sertanejos


postado em 23/07/2019 04:00 / atualizado em 22/07/2019 18:35



Cerca de 20 mil pessoas, segundo a produção do evento, foram ver Leonardo, Chitãozinho, Xororó, Zezé di Camargo e Luciano (foto: Helvécio Carlos/EM/DA PRESS)
Cerca de 20 mil pessoas, segundo a produção do evento, foram ver Leonardo, Chitãozinho, Xororó, Zezé di Camargo e Luciano (foto: Helvécio Carlos/EM/DA PRESS)

AMIGOS
EMOÇÃO NO MINEIRÃO

A cena foi, no mínimo, curiosa. No meio da multidão, o homem de seus 40 e tantos anos, sozinho, ajoelhado e com as mãos erguidas ao céu, cantava a plenos pulmões os versos de Evidências (“E nessa loucura/ De dizer que não te quero/ Vou negando as aparências/ Disfarçando as evidências”). Antes mesmo de terminar a “oração”, ele saiu em disparada para tentar, quem sabe, um espaço mais próximo aos ídolos Leonardo, Chitãozinho, Xororó, Zezé di Camargo e Luciano. Os sertanejos abriram a turnê Amigos 20 anos, sábado, na Esplanada do Mineirão. O fã exaltado não foi único. A cada uma das 38 canções, a plateia se comovia com aquela grande celebração da música sertaneja.

• • •

Com meia hora de atraso para início do show, o cronômetro no telão aumentou a ansiedade do público, que acompanhava tudo ao som de trechos de canções de Roberto Carlos (Amigo), Milton Nascimento (Canção da América) e Renato Teixeira (Amizade sincera). Leonardo, Chitãozinho, Xororó, Zezé di Camargo e Luciano surpreenderam os fãs ao entrar em cena por um elevador. Juntos, cantaram Disparada, Sinônimos, Pense em mim e É o amor. Dali em diante, a formação dos músicos em cena variou de acordo 
com a música.
l l l

As poucas intervenções dos Amigos ao longo do show serviam para convocar o público a algumas interações. Em Galopeira, por exemplo, Chitãozinho e Xororó incentivaram a plateia a caprichar no gogó naquele trecho que exige fôlego. Os fãs não fizeram feio. Por um minuto, cravado, acompanharam a dupla. Leandro, irmão de Leonardo, que morreu há 21 anos, foi lembrado com Mano, interpretada por todos. Segundo a produção, 20 mil pessoas assistiram à estreia da turnê, que segue para São Paulo (7 de setembro), Porto Alegre (23 de novembro) e Rio de Janeiro (14 de dezembro).


Repertório

» Disparada
» Sinônimos/ Pense em mim/ É o amor
» Nascemos para cantar
» Pode ser pra valer
» Entre tapas e beijos
» Sonho de amor
» Rumo a Goiânia
» Fio de cabelo
» Eu juro
» Não aprendi dizer adeus
» A ferro e fogo
» Brincar de ser feliz
» Sem medo de ser feliz
» No dia que saí de casa
» Toma juízo/ Preciso ser amado
» Alô
» Páginas de amigos
» Talismã
» Saudade de minha terra
» Nuvem de lágrimas
» Temporal de amor
» 60 dias apaixonado
» Vá pro inferno/Galopeira
» Cumade e cumpade
» Flores em vida
» Estrada da vida
» Pra não pensar em você
» Pra mudar minha vida
» Se Deus me ouvisse
» Mano
» Um sonhador/ Não olhe assim
» Desculpe mas eu 
vou chorar
» Pão de mel
» Você vai ver
» Evidências
» Cerveja
» Festa de rodeio/ Bailão de peão/ Mexe mexe
» Canção da amizade

BATE-PAPO
ENCONTRO COM ATRIZ

Jeniffer Oliveira participa de convenção de moda, sábado, no Actuall Convention Hotel, em Contagem. A mineira, que integrou o elenco de Malhação, vai contar um pouco sobre sua experiência como modelo e atriz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade