Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas DA ARQUIBANCADA

Não contem comigo na segunda. Na segunda já bastará o Crüzëiro

"Vamo, Ceará, pelamordedeus! Vamo, Palmeiras; vamo, Marcos Rocha! Ah, Botafogo, a gente te dá o Gabriel na vascaína"


postado em 07/12/2019 04:00 / atualizado em 06/12/2019 21:57

O Ceará, de Thiago Galhardo, precisa apenas de um empate neste domingo para se garantir na Série A e rebaixar o Cruzeiro(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 29/9/19)
O Ceará, de Thiago Galhardo, precisa apenas de um empate neste domingo para se garantir na Série A e rebaixar o Cruzeiro (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 29/9/19)


Na triste condição de o pior secador do mundo, sou o único atleticano que não verá o Crüzëiro cair. Lamentável, mas é preciso encarar a vida como ela é. Em 15 de julho de 2009, eu zapeava a tevê quando passei pela final da Libertadores. Na ocasião já tinha ciência da minha absoluta falta de aptidão para torcer contra. Nos três segundos em que me ative à decisiva peleja, Henrique abriu o placar para o Crüzëiro, uma coisa espantosa. Só soube depois sobre o sonho de uma noite de Verón. Algo de sobrenatural acontece quando vejo o Crüzëiro, sendo a única exceção o Atlético e Crüzëiro, quando as tremas mais se pronunciam. Fábio, o Cabo Daciolo do futebol, disse que “Deus vai fazer o sobrenatural”. Comigo é o Diabo que opera, não tenho dúvida.

Estava eu no Consulado do Galo em Caraíva, na última quarta-feira, quando o Dedé teve a infeliz ideia de dividir a tela da televisão com os jogos do Galo e do Ceará. Nessa hora devia ter colocado um tampão no olho esquerdo, mas achei que poderia ficar um pouco estranho. Claro que o Corinthians ia fazer aquele gol.

Aliás, se há um lado positivo nessa minha lamentável situação de corvo manso, sem dúvida é o fato de estar desobrigado de torcer pelo Ceará. Perdoem-me os aliados da Cearamor, mas torcer para este Ceará é um suplício além da conta, um autoflagelo que só mesmo com muito amor, e bisnagas de KY. Não é o caso apenas de calo no olho, mas de um joanete inteiro. Eu não conheço o Ceará, nunca fui a Fortaleza. Desde a quarta, no entanto, não pretendo mais fazê-lo, vou falar mal do Ciro Gomes e do seu irmão Cid, nunca mais vou ouvir Fagner nem Belchior.

Dito isso, espero trazer boas-novas na semana que vem, mas não contem com minha torcida contra. Às 16h de amanhã, quando todos os corvos estiverem pela hora da morte, estarei neutro, isento, nem direita nem esquerda, no centro, vendo o Galão da Massa ganhar do Inter como uma forma de agradecer os bons serviços prestados pelo Grêmio na quinta passada. E já registro aqui a minha falta no emprego: não contem comigo na segunda! Na segunda já bastará o Crüzëiro.

Bem, vai se findando o campeonato e tamo nóis finalmente livres da degola. Agradeça ao Rodrigo Santana por aquele início um tanto improvável. E agradeça também ao Cacá Moreno, atleticano dos bons, que teve a ideia de deflagrar a campanha #Trégua45Pontos, filmou o seu Laerte e fez prosperar uma sequência de vídeos de apoio ao time. Na ocasião, se o Atlético tivesse perdido para o Goiás, estaríamos hoje lutando contra Ceará e Crüzëiro, briga de foice entre o ruim, o péssimo e o horroroso.

Alcançados pois os 45, já podemos pedir o Fora7C? Acho que não. Se você não aprova golpes de Estado, comece por respeitar as eleições no seu clube de futebol. 7C tem mais um ano de mandato. Que tenha sorte e sabedoria, que saiba aprender com os seus erros, a começar pela escolha de Vagner Mancini, o especialista em rebaixamentos. E que os grandes atleticanos sejam capazes de organizar uma oposição séria e competente, que possa aglutinar outros atleticanos e vencer a próxima eleição.

No mais, espere pelo domingo com esta: “Não cante vitória muito cedo, não / Nem leve flores para a cova do inimigo / Que as lágrimas do jovem / São fortes como um segredo / Podem fazer renascer um mal antigo”. Êh, Belchior, na segunda já teremos feito as pazes! Na segunda-feira, digo. Vamo, Ceará, pelamordedeus! Vamo, Palmeiras; vamo, Marcos Rocha! Ah, Botafogo, a gente te dá o Gabriel na vascaína, a Sul-Americana não vale nada, é a Série B da Libertadores! E viva o Verón!


Publicidade