Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Como se chama quem nasce nos Emirados Árabes, país criado em 1971?

Depois do Japão e China, Bolsonaro visitou a nação do Oriente Médio. Originários de lá são denominados emiradenses


postado em 30/10/2019 04:00

Presidente Bolsonaro nos Emirados Árabes (foto: AFP)
Presidente Bolsonaro nos Emirados Árabes (foto: AFP)
Viagem pelas Arábias
Depois do Japão e da China, Bolsonaro visita o Oriente Médio. A primeira escala foi nos Emirados Árabes. Pintou, então, a questão: como se chama quem nasce naquele país criado em 1971? É emiradense.

Quem é árabe?
O mundo árabe engloba 22 países. Parte está no Oriente Médio. Outra parte, na África. O que há de comum entre tão diferentes nações? Não é a etnia. Não é a religião. Não é a cultura. É a língua. Só é árabe o país que fala árabe. Para a Liga Árabe, “um árabe é uma pessoa cuja língua é o árabe, que vive em um país de língua árabe e que tem simpatia com as aspirações dos povos de língua árabe”.

22 países
Conhece o mundo árabe? É este: Arábia Saudita, Argélia, Barein, Catar, Comores, Djibuti, Egito, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Iraque, Jordânia, Kuwait, Líbano, Líbia, Mauritânia, Marrocos, Omã, Palestina, Somália, Sudão, Síria e Tunísia. Nesses países, além do Islamismo, várias outras religiões são professadas.

Sem confusão
Muitos incluem o Irã no guarda-chuva árabe. Enganam-se. O que os induz ao erro? É a localização. O país fica no Oriente Médio. Mas... não fala árabe. A língua da antiga Pérsia é o persa.

Língua de Deus
Os povos têm seus mitos em relação à língua. O alemão diz que fala a língua mais precisa do mundo. O francês, que é dono da língua mais clara entre todas as demais. O espanhol, que dispõe da língua mais bela dos cinco continentes. O português, que conta com a língua mais difícil do planeta. O árabe não deixa por menos. Jura que fala a língua de Deus. A razão: entre as quase 7 mil línguas existentes, o Senhor escolheu o árabe pra ditar sua mensagem. Ela está no Corão, o livro sagrado do islamismo.

O Corão e a Bíblia
Corão ou Alcorão? Tanto faz. O livro sagrado dos muçulmanos aceita as duas grafias. (O al é o artigo definido árabe. Corresponde aos nossos a, o, as, os.) Tal como a Bíblia, significa livro.

Senhoritas árabes
Além do Corão, o árabe nos presenteou com montões de vocábulos. Muitos têm uma marca – começam com al. As duas letrinhas são o artigo da língua das Arábias. As senhoritas árabes frequentam nosso vocabulário com desenvoltura. Eis algumas: álcool, alface, alcachofra, alfafa, almeirão, almirante, almofada, alfaiate, alfinete, algarismo, álgebra, algazarra, almôndega, alfazema, alquimia, alcateia, alambique. Ops! Não generalize. Nem todas as palavras árabes começam com al. Se assim fosse, seria muito chato, não? Muitas fogem à regra. É o caso arroz, azulejo, café, chafariz, salamaleque, mesquita, tâmara, zero. Oxalá também é herança do povo que ocupou a Península Ibérica durante sete séculos. A trissílaba quer dizer tomara, Deus queira: Oxalá faça sol no fim de semana.

Leitor pergunta
Qual a regência do verbo perder?

>> Camilo Gomes, Porto Alegre

Perder pede a preposição para: O Grêmio perdeu para Flamengo.




Publicidade