Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Anna aos domingos


postado em 12/06/2020 04:00

 Para matar a saudade do Torneio Empresarial Estado de Minas, que está suspenso por causa da COVID-19, os empresários Marcelo Patrus, Ronaldo Lopes, Joel Motta e Emilia em uma das edições anteriores(foto: Marcos Vieira )
Para matar a saudade do Torneio Empresarial Estado de Minas, que está suspenso por causa da COVID-19, os empresários Marcelo Patrus, Ronaldo Lopes, Joel Motta e Emilia em uma das edições anteriores (foto: Marcos Vieira )
 
FEIRA DE ARTE
on-line

Boa notícia para os amantes das artes. A feira internacional de arte Not Cancelled chegou ao Brasil esta semana, reunindo as principais galerias de arte contemporânea do país. A feira será on-line, por razões óbvias, e poderá ser visitada por quatro semanas. O melhor de tudo é que o formato é mais do que aprovado, pois já ocorreu em diversas localidades do mundo. Desde o dia 10 a Not Cancelled Brasil está aberta, e vai até 8 de julho. Participam 57 galerias brasileiras de nove cidades diferentes, com obras de 106 artistas. Cada galeria apresenta obras de dois artistas selecionados, além de exibir conteúdo ao vivo diário, como transmissões, palestras e visitas guiadas. O programa será alterado semanalmente, variando artistas e galerias (www.notcancelled.art/brazil). Entre os galeristas estão os mineiros AM Galeria e Celma Albuquerque.

SOLIDARIEDADE
e tecnologia

O Instituto Ronald McDonald fez parceria com a TeamViewer para otimização do trabalho remoto das equipes durante a quarentena, para esquema de home office por conta da pandemia, em prol do câncer infantojuvenil. O Instituto tem por missão propiciar saúde e qualidade de vida para crianças e adolescentes com câncer e suas famílias no Brasil. A TeamViewer fornecerá ao Instituto Ronald MacDonald pacotes de software para uso remoto, compartilhamento de área de trabalho, reuniões on-line e transferência de arquivos entre computadores. O programa opera dentro dos sistemas operacionais Microsoft Windows, OS X, Linux, iOS, Android, Windows RT e Windows Phone e será utilizado para otimizar o trabalho das equipes do Instituto Ronald McDonald, que desde 18 de março estão atuando em esquema de home office, seguindo as medidas de segurança exigidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para aproximar famílias da cura do câncer infantojuvenil, o Instituto atua levando esperança às crianças com câncer por meio dos programas Diagnóstico Precoce, Atenção Integral, Espaço da Família Ronald McDonald e Casa Ronald McDonald. Somente em 2019, foram realizados cerca de 95 mil atendimentos a crianças e adolescentes com câncer e seus familiares, através de 76 projetos beneficiados e 52 instituições em 43 municípios de 21 estados. Como todos os programas beneficentes do país, as arrecadações caíram drasticamente. Para ajudar, lançaram uma campanha on-line com o objetivo de arrecadar recursos para manter funcionando a instituição e todos os projetos em andamento através do site institutoronald.org.br/doacao ou pelo aplicativo do Instituto Ronald, que 
pode ser baixado gratuitamente na Apple Store ou no Google Play.

COMEMORAÇÃO
familiar

A decoradora Maria Ignez Coutinho está comemorando o sucesso do neto Mateus Fonseca Junqueira, que passou no bacharelado de piano na Haute École de Musique de Lausanne. A instituição faz parte da Universidade de Ciências e Artes Aplicadas da Suíça Ocidental, a maior rede de formação de nível superior do país. Mateus tem 19 anos, é filho de Ana Paula Coutinho e Rui Carneiro Junqueira e teve bons mestres: estudou piano com Carla Reis, professora da Universidade Federal de São João del-Rei, e com Berenice Menegale, diretora da Fundação de Educação Artística. Já o curso de harmonia, contraponto e sofejo foi feito com Rubner de Abreu, na FEA.

FESTIVAL
gastronomia on-line

Como demos em primeira mão semana passada, a edição on-line do festival Fartura Belo Horizonte vai contar com uma extensa programação gastronômica de 19 a 21 de junho pelo site farturabrasil.com.br. Mas a arte também ganha importante destaque no evento. O premiado cineasta e fotógrafo João Wainer, responsável por documentários e fotografias marcantes, fez um vídeo exclusivo para o Fartura. Utilizando drone, o artista captou imagens no Inhotim e no complexo internacional da lagoa da Pampulha mostrando os impactos da pandemia nesses espaços. Além de ver tudo em primeira mão durante a programação, o público também vai conferir como foram os bastidores das gravações, registrados pelo fotógrafo e videomaker mineiro Thiago Santos.

APOSENTADORIA
merecida

O ortopedista Gustavo Alves de Mendonça, carinhosamente chamado de dr. Gam, que atuou por mais de 50 anos no Hospital da Baleia, se aposentou deixando um enorme legado. Ele foi um dos primeiros e mais importantes alunos do professor José Henrique da Matta Machado, criador da clínica na instituição e pioneiro na implantação de cursos de extensão na área, nos moldes como é conhecida a residência médica hoje no Brasil. Ao longo dos anos, se tornou a maior referência no conhecimento e prática do pé torto congênito, subespecialidade da ortopedia pediátrica. Segundo a presidente da Fundação Benjamin Guimarães/Hospital da Baleia, Tereza Guimarães Paes, o hospital começou pela especialização em ortopedia, na qual é referência, e o trabalho do dr. Gustavo foi importantíssimo para alcançar essa excelência.

ABRAÇO À DISTÂNCIA
coração mais perto

O craque Guto Requena idealizou um projeto que une tecnologia e afetividade durante a pandemia da Covid-19. É o Heartbits, aplicativo que coleta batimentos cardíacos e os envia para quem você ama. Basta cobrir a câmera traseira do celular com o dedo indicador, relaxar e pensar nessa pessoa. O app coleta seu batimento cardíaco através do pulso no seu dedo e transforma esses dados em som (a batida do seu coração), vibração (o telefone irá vibrar em tempo real) e em um vídeo de 15 segundos. Ao final dessa captação, basta digitar uma pequena mensagem e enviar para aquela pessoa em quem você quer muito dar um abraço e dizer: eu sinto a sua falta, você é importante pra mim. Nada pode substituir um abraço apertado, mas a união entre tecnologia, arte e design tem o poder de encurtar distâncias, nos conectar com o outro e nos aproximar de quem amamos. O Estudio Guto Requena e o Midiadub se uniram na criação do Heartbits para nos ajudar a nos sentir um pouquinho menos solitários, não apenas neste momento, mas sempre onde alguém precisar de carinho. Em tempos de isolamento social, toda ajuda de aproximação é bem-vinda. Entre no site www.heartbits.app ou ig: @heartbits.app

CHANEL
simplicidade fake

A simplicidade virou mantra para os fashionistas neste período de coronavirus e, parece, prosseguirá quando o pior passar. Na coleção Cruise que a Chanel lançou na semana passada, as roupas eram o mais simples possível (em relação ao conceito de luxo da marca, claro) e com acessórios utilitários – como a corrente com microbolsa, que pode virar pochete. A nova coleção Chanel tem ainda implicação política: foi das poucas marcas a não concordar com a diminuição de lançamentos durante o ano. A sede de lucro ali (bilhões de euros) não foi afetada pelo vírus.

NOVO NORMAL
Exageros & pessimismos

A discussão sobre o ‘novo normal’ a ser adotado na fase pós-vírus tem inundado as redes sociais em conversas entre amigos e matérias variadas. Ao que tudo indica, muito do que foi adotado emergencialmente será mantido. Em alguns casos, é pura verdade. Mas, na maioria dos casos, há muito exageros. Achar que criança vai brincar longe uma da outra pelo resto da vida, que casais jantarão com barreira de acrílico entre eles até o fim dos tempos ou coisas do gênero já é demais. Assim que a primeira vacina contra o vírus sair, tudo isso perderá o sentido.

BAILE DO SÉCULO
chique do chique

A tevê portuguesa RTP mostrou no programa Guarda factos,  semana passada, raras cenas do Baile do Século, promovido por Beatriz e Antenor Patiño em sua Quinta, próxima a Lisboa, em 1968. Ainda é considerada a festa mais brilhante e fechada do circuito social europeu em tempos modernos. Muita gente boa da cena internacional foi vetada. A curiosidade é que a restrita lista de convidados brasileiros foi filtrada por dois mineiros, o ex-presidente JK e a socialite Elisinha Moreira Salles, amigos dos anfitriões. Um dos poucos jornais com acesso ali foi este Estado de Minas, representado pelo colunista Wilson Frade – que elaborou uma série de matérias sobre o acontecimento.

SÃO PAULO
locomotiva fashion

Não foram apenas os paulistas a sentir alívio pela retomada do comércio no estado vizinho. Como locomotiva do país, os reflexos chegam a todos os lugares. No caso da moda mineira, parte importante das vendas (nas marcas mais importantes) é feita lá – capital e interior. Com o paradeiro paulistano em março, a situação ficou pior. Novidade grande nesse retorno, é que todos avaliam o Bom Retiro retomando sua força, em detrimento do Itaim, que tombou feio nos últimos tempos. Antes do fechamento, essa sinalização já era clara.

START UP
de moda

A mais nova startup de moda da cidade é a Luqui. Comandada pelos jovens Henrique Quirino e Lucas Magalhães, foi fundada no ano passado e está entrando no mercado on-line com a missão de conectar produtores de moda mineira e consumidores, garantindo, respectivamente, venda facilitada no e-commerce e boas experiências de compras em nível nacional e internacional. As marcas parceiras divulgam seus produtos no market place da Luqui, que cuida de tudo, do marketing ao atendimento ao consumidor. Boa sorte!

MÁSCARAS
investimento sem risco

Os efeitos da economia selvagem acabaram manchando a boa intenção das máscaras faciais para proteção do coronavírus. A saber: por um lado, suas vendas seguiram a lei de mercado, já que eram vendidas no atacado por seis centavos no início da pandemia e chegaram, rapidamente, a R$1. Um rendimento que nem Wall Street sonharia. Agora, seu descarte pelos esgotos do mundo inteiro causa o mesmo horror que os mares lotados com lixo de plástico. Como se vê, não são apenas os laboratórios farmacêuticos que acabarão por lucrar bilhões com a Covid-19.

POR AÍ...

Sabrina Costa e Wallace Campos Gonçalves retomando as atividades de sua Fleche d’Or, após pausa estratégica por causa da pandemia. E recomeçam com trabalho duro, montando a coleção de verão da marca.
>>>
Por falar no assunto, entre a maioria das confecções do Prado e arredores o zum-zum-zum é que a nova coleção (pronta entrega de verão, no atacado) será feita em meados de agosto. Caso tudo corra como o previsto, é uma ótima notícia para setor.
>>>
Sempre atuando no meio da moda, a Natalie Ollifson se lança como representante do segmento na política com candidatura a uma vaga na Câmara Municipal. Seria o primeiro nome do setor a conseguir esse objetivo.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade