Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Coronavírus não impede feira de lingerie em Juruaia

Felinju 2020, principal evento de moda íntima de Minas e um dos mais importantes do país, inova ao anunciar a sua 23ª edição 100% on-line


postado em 23/05/2020 04:00

Felinju 2020, principal evento de moda íntima de Minas e um dos mais importantes do país, fará sua 23ª edição 100% on-line (foto: Instagram/Reprodução da Internet)
Felinju 2020, principal evento de moda íntima de Minas e um dos mais importantes do país, fará sua 23ª edição 100% on-line (foto: Instagram/Reprodução da Internet)

Se tem por nossos lados um trabalho que merece o melhor apoio de todos é, sem dúvida, o trabalho de lingerie realizado em Juruaia, no Sudoeste de Minas. O programa começou com oficinas domésticas, trabalho de horas vagas das donas de casa e transformou-se numa ação que enriqueceu a cidade, fazendo da produção doméstica uma sucessão de indústrias lucrativas. Com essa coragem de vencer desafios, nem a COVID-19 pode com o mundo corporativo da região. Com a necessidade de se reinventar, ganhou status de peça-chave para passar por este período. Se antes a tecnologia era apontada como uma das principais responsáveis pelo afastamento cotidiano, atualmente se tornou importante aliada para manter atuantes e aquecidos diversos setores da economia. Foi com essa visão que a organização da Felinju 2020, principal evento do ramo da moda íntima de Minas Gerais e um dos mais importantes do país, está inovando ao anunciar a sua 23ª edição, 100% on-line, entre 1º e 5 de junho.

Por conta da pandemia, o evento, que teve de ser adiado, agora aposta de forma inédita no universo tecnológico e traz como tema “Os bons negócios estão conectados”. Essa edição contará com desfiles, palestras e cursos virtuais, com conteúdo disponível 24 horas por dia, que poderão ser acompanhados por lojistas, revendedores, compradores, consumidores finais, além de toda a cadeia produtiva no Brasil e no mundo. Dezenas de empresas de Juruaia estarão com seus estandes virtuais na plataforma, apresentando suas coleções exclusivas outono/inverno. Haverá a integração com o e-commerce de cada expositor, onde será possível comprar os produtos lá expostos.

“Juruaia está bastante presente no e-commerce. É uma cidade conectada. Nosso objetivo com esta edição on-line é usufruir dessa estrutura e proporcionar a melhor experiência com ferramentas que agreguem valor aos negócios dos compradores e vendedores, aproveitando as milhares de novas possibilidades oferecidas pela internet. Temos expectativas muito positivas e esperamos atrair milhares de visitantes e compradores virtuais, tornando esse evento um marco na capital da lingerie”, declara José Antônio da Silva, presidente da Associação Comercial e Industrial de Juruaia (Aciju).

A Felinju é realizada pela Aciju, com o apoio dos grupos de negócios, entidades representativas e do poder público municipal. Outro objetivo da organização é aumentar o alcance da feira, possibilitando a participação de visitantes de diferentes localidades, inclusive daqueles que não tiveram ainda a possibilidade de visitar presencialmente o evento. Para se ter uma ideia da importância da Felinju no universo do empreendedorismo, Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza e uma das principais empresárias do mundo do varejo, já confirmou que será a embaixadora da 23ª Felinju.

A cidade de Juruaia, no Sudoeste de Minas Gerais, é considerada a capital da lingerie. A história inicia-se nas plantações de café, onde a maioria da população trabalhava nas lavouras. A economia foi crescendo e, em meados de 1992, du- as empresas deram início à produção de lingerie no município. O incentivo ao empreendedorismo é uma das marcas da cidade, que tem 95% das confecções locais comandadas por mulheres. Essas empresas têm acompanhado as tendências nacionais, oferecendo bom preço, qualidade e design como diferencial. Assim, Juruaia se tornou uma das mais importantes fabricantes do país. Segundo dados da Aciju, ao todo, são mais de 200 confecções instaladas em Juruaia, que geram cerca de 5 mil empregos e vendem mais de 1,5 milhão de peças por mês. Anualmente, são produzidos aproximadamente 20 milhões de peças. Juruaia encontrou sua vocação, consolidando-se como a capital da lingerie.

23ª Felinju – Feira on-line de lingerie, cuecas, pijamas e moda praia e fitness 
Quando: de 1º a 5 de junho
Informações: www.felinjuonline.com.br. 



Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade