Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Não é só o coronavírus que preocupa o mercado nacional

O mercado de trabalho permanece em ritmo lento, a indústria não destrava, o consumo começa a gerar alguma desconfiança e o próprio governo tem se revelado uma usina geradora de crises


postado em 28/02/2020 04:00 / atualizado em 28/02/2020 08:32



Nos últimos dias, analistas de diferentes correntes calcularam, mesmo diante das incertezas, o impacto do coronavírus na economia brasileira. É óbvio que haverá efeitos negativos, mas a dimensão deles permanece desconhecida. O problema é que a epidemia parece ter ocultado os diversos dilemas nacionais. Por exemplo: o PIB não deslancha, e isso antes de a epidemia explodir. O final do ano passado foi ruim e a retomada, ao que parece, não será vigorosa. Aliás, longe disso. As previsões já rebaixaram o PIB para menos de 2%, um avanço, convenha mos, modesto demais. O mercado de trabalho permanece em ritmo lento, a indústria não destrava, o consumo começa a gerar alguma desconfiança e o próprio governo tem se revelado uma usina geradora de crises. Ontem, o índice CDS, que mede o risco-país, atingiu o maior nível desde 21 de novembro de 2019 (quanto maior o indicador, menor é a confiança dos investidores). O Brasil precisa reagir – com ou sem coronavírus.
 
 
(foto: Orlando Bento/MTC)
(foto: Orlando Bento/MTC)

Sites de apostas investem no esporte brasileiro

Os sites de apostas estão se tornando uma fonte vital de recursos para o esporte brasileiro. No futebol, treze dos vinte clubes da Série A são patrocinados por empresas desse tipo. A onda começa a chegar ao basquete. Há alguns dias, o site Vivagol assinou um contrato com a Liga Nacional de Basquete (LNB) para patrocinar eventos promovidos pela associação. Entre eles, o NBB Caixa, principal torneio de clubes de basquete do país, e o Jogo das Estrelas 2020.

 
R$ 5,6 mil é quanto o governo de Hong Kong vai doar a cada um de seus cidadãos com 18 anos ou mais. Segundo as autoridades, a medida busca aliviar a crise provocada por meses de protestos populares e pelo surto do coronavírus
 
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Meirelles não perde a chance de cutucar Guedes

Henrique Meirelles andava sumido das redes sociais, mas retomou as postagens nos últimos dias. O homem responsável pelas finanças de São Paulo, estado que o emprega como secretário da Fazenda, parece disposto a cutucar o ministro da Economia, Paulo Guedes. No Twitter, comparou os índices de atividade econômica divulgados pelo Banco Central. “O crescimento de São Paulo, no ano passado, foi de 2,8%, mais de três vezes a taxa nacional, que ficou em 0,9%”, escreveu o ex-ministro de Michel Temer.


(foto: Infomoney/Reprodução)
(foto: Infomoney/Reprodução)

''Nos próximos dias, teremos uma boa amostra se nossos esforços para disseminar boas práticas de investimentos em ações surtiram efeito ou não. Se não surtiram, significa que precisamos fazer mais''

Henrique Bredda, sócio da firma de investimentos Alaska, sobre a crise no mercado de ações provocada pelo coronavírus



Cinépolis entra em cena no interior do país

O Brasil é um mercado pouco explorado pelos exibidores de cinema. São apenas 3,4 mil salas para uma população de 210 milhões de pessoas. Para efeito de comparação, o México tem a metade da população e o dobro de salas. Com essas contas em mente, a mexicana Cinépolis, que em 2020 completa uma década no mercado brasileiro, tem ampliado os investimentos em cidades menores, que sempre foram esquecidas pelas empresas do setor. A exibidora tem 431 salas no Brasil, mas quer chegar a 500.

RAPIDINHAS


» Poucos setores no Brasil cresceram tanto nos últimos anos quanto o atacarejo, como são chamados os supermercados que combinam características do atacado e do varejo. A economia fraca obrigou os consumidores a buscar produtos baratos, e foi assim que o atacarejo conquistou clientes.

» Segundo a Nielsen, produtos comprados em atacarejos estão presentes em 62% dos lares brasileiros. O desafio é continuar a crescer mesmo com a economia mais forte, evitando que os clientes migrem para supermercados convencionais. Uma das apostas é melhorar experiência de compra do consumidor, tornando as lojas mais agradáveis.

» A Ong As You Sow produziu um ranking sobre as disparidades salariais nos Estados Unidos. De acordo com o estudo, os presidentes da Oracle Mark Hurd (que morreu em outubro de 2019) e Safra Catz receberam no ano passado US$ 216 milhões, valor 2,4 mil vezes maior que a média salarial dos funcionários da empresa. Em nenhuma outra companhia a diferença foi tão grande.
 
»  Um empresário do ramo imobiliário, astuto observador da cena política brasileira, diz que o governo precisa de uma agenda positiva. “Faz 15 dias que só se ouve falar em crise, ninguém suporta mais”, diz. “É hora de mergulhar nas reformas administrativa e tributária, e dar uma resposta à sociedade.”

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade