Motorista alcoolizado que capotou no Congresso pode pegar 11 anos de prisão

Carro caiu no fosso do Congresso Nacional e atingiu a lateral do edifício. Condutor foi preso por dirigir alcoolizado e dar bebida a adolescente que o acompanhava

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 23/01/2014 07:41 / atualizado em 23/01/2014 07:51

Amanda Maia /Correio Brasiliense

Ed Alves/CB/D.A Press
Servidores da Câmara dos Deputados e do Senado depararam-se com uma cena inusitada na manhã de quarta-feira (22/1). Um carro caiu no fosso do Congresso Nacional e atingiu a lateral do prédio. O motorista, Jonathan Henrique Lucena Saboia, 27 anos, estava alcoolizado, foi autuado em flagrante inafiançável e levado ao Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados. Ele deverá responder por dano ao patrimônio, crime de trânsito e corrupção de menor. Somadas as penas, se condenado, o condutor pode pegar de 3 a 11 anos de reclusão.

O acidente ocorreu por volta das 5h, no sentido Rodoviária – Praça dos Três Poderes. Saboia teria perdido o controle do veículo pouco antes da descida ao lado do Congresso. O carro subiu o meio-fio, derrubou a cerca, desceu o gramado e capotou pouco antes de colidir com a vidraça, entre uma lanchonete e o gabinete da liderança do PT. A cena chamou a atenção de turistas e trabalhadores que passavam pelo local. Um guincho da Polícia Civil atolou no gramado durante a retirada do veículo.

Saboia estava com um adolescente de 17 anos no momento do acidente. Os bombeiros foram acionados, mas, apesar do susto, ambos tiveram apenas escoriações e não precisaram ser encaminhados ao hospital. Durante a perícia, os policiais encontraram dentro do automóvel uma garrafa de vinho. Jonathan Saboia fez o teste do bafômetro e o resultado acusou 0,62 miligrama de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Sem carteira

Com dificuldades para explicar o ocorrido, o motorista contou aos policias legislativos que não conhecia o adolescente e que havia oferecido apenas uma carona. Apesar de ter licença para dirigir, ele não portava a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no momento da batida. Saboia deve ter o documento retido e a autorização para dirigir suspensa, além dos pontos na carteira.
Tags: