21°/ 29°
Belo Horizonte,
29/AGO/2014
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Justiça do Rio de Janeiro libera advogados da obrigatoriedade do uso de paletó e gravata A medida, vigente para o período de 21 de janeiro a 21 de março, se deve às altas temperaturas registradas no período de verão no Rio de Janeiro

Agência Brasil

Publicação: 16/01/2014 19:16 Atualização: 16/01/2014 19:18

A presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargadora Leila Mariano, e o corregedor-geral da Justiça, desembargador Valmir de Oliveira Silva, liberaram os advogados da obrigatoriedade do uso de paletó e gravata na primeira instância para despachar e transitar nas dependências dos fóruns de todo o estado.

A medida, que estará vigente no período de 21 de janeiro a 21 de março, se deve às altas temperaturas registradas no período de verão no Rio de Janeiro, com a temperatura média em torno dos 38 graus Celsius (ºC) e sensação térmica acima de 43 (ºC).

Considerando que a vestimenta no exercício das funções deve ser adequada e compatível com o decoro, o respeito e a imagem do Poder Judiciário, os advogados devem trajar calça social e camisa social devidamente fechada. Nos atos relativos à segunda instância e audiências em geral, no entanto, deve ser mantido o uso de terno e gravata, que, segundo o Ato Conjunto nº 01/2014, se mostra indispensável nestes casos.
Tags:

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Claudiomiro souza
Não adianta o homem usar terno, e ser desonesto como vê muitos, principalmente na politica brasileira, como diz o irmão Renato Filho, o homem vale o que veste,com sua dignidade e respeito ao outro.Esse país tem muito ser mudado. | Denuncie |

Autor: Marcos Henrique
TRADIÇÕES, CONSERVADORISMOS, PARADIGMAS. Vícios difíceis de serem desfeitos bruscamente pelo costume já viciado de sermos tão pequenos e arrogantes. | Denuncie |

Autor: renato filho
O Homem vale pelo que veste, não por sua capacidade? Terrível, nos dias de hoje ainda mantermos esta mentalidade arcaica. A obrigatóriedade de ternos já deveria ter sido abolida a muito tempo. Saber vestir não significa ternos. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.