SIGA O EM

Batida de frente mata cinco pessoas na MG-133, na Zona da Mata

Quatro vítimas morreram carbonizadas na colisão que ocorreu no município de Tabuleiro. Imagens impressionam pela destruição causada nos dois veículos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1141691, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Corpo de Bombeiros/Divulga\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': 'Desastre ocorreu na MG-133, rodovia de acesso \xe0 cidade de Tabuleiro', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/08/12/891392/20170812090304237532o.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}, {'id_foto': 1141692, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Corpo de Bombeiros/Divulga\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': 'Quatro das cinco v\xedtimas fatais morreram carbonizadas', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/08/12/891392/20170812090309535194e.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 12/08/2017 08:59 / atualizado em 12/08/2017 09:14

Guilherme Paranaiba

Corpo de Bombeiros/Divulgação
Cinco pessoas morreram em um acidente que deixou dois veículos completamente destruídos na madrugada deste sábado na MG-133, em Tabuleiro, na Zona da Mata. Imagens do Corpo de Bombeiros mostram a violência da batida frontal entre um Fiat Uno, onde estavam cinco pessoas, e uma Parati, onde estava apenas o motorista.

De acordo com os bombeiros, a ocorrência foi registrada por volta das 4h da madrugada e quatro pessoas que estavam no Uno e o condutor da Parati morreram no local. Dos cinco mortos, quatro foram carbonizados. Um dos ocupantes do Uno conseguiu sair e sobreviveu à destruição causada pela colisão. Ele foi socorrido pelos bombeiros.

A batida ocorreu na altura do Km 10 da rodovia e ainda não há informações sobre possíveis causas da tragédia.

Corpo de Bombeiros/Divulgação
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Fernando
Fernando - 12 de Agosto às 12:21
Se a pista tivesse mureta central para impedir colisões frontais, isso não teria acontecido. Mas pra que gastar dinheiro de imposto investindo no bem da população? Muito melhor é deixar como está, colocar uns radares para faturar ainda mais, e torrar a grana arrecadada em viagens, mordomias, supersalários, privilégios, jantares, etc.
 
Fernando
Fernando - 13 de Agosto às 11:56
"a engenharia que vc fala é a mesma que fez os viadutos da lagoinha ou o anel rodoviário de BH??? sem essa "engenharia" a vida humana estaria muito mais segura não acha?" Você mora na caverna ou mora em prédio, anda de carro, trem, avião, usa elevador, celular, computador? Sim, é dessa engenharia que estamos falando. A própria estrada de pista simples foi feita por engenheiros civis. Ela costuma melhorar a vida das pessoas, não? E funciona quando bem feita, não? Mas a opção de abrir mão disso tudo e ir morar como ermitão numa caverna está aí, ninguém está te impedindo.
 
Fernando
Fernando - 13 de Agosto às 11:50
"Nesse caso o que vc diz é duplicar todas as estradas do país?". Sim. A solução é essa, é pra isso que a gente paga imposto, tecnologia e dinheiro tem. As estradas de países desenvolvidos são assim, tanto que na Alemanha nem limite de velocidade tem. Era isso o que devia ser feito, mas não vão fazer. Pra que gastar dinheiro reformando estrada? É muito mais fácil o estado lavar as mãos e jogar a culpa no motorista, como você fez.
 
valmir
valmir - 12 de Agosto às 14:13
nesse caso o que vc diz é duplicar todas as estradas do país...véi na boa???? quando isso acontecer estaremos todos vivendo em Marte ha muito tempo, os políticos brasileiros terão deixado de roubar, termos jornalismo alfabetizado..só para figurar coisas que vão demorar muitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
 
valmir
valmir - 12 de Agosto às 14:11
a engenharia que vc fala é a mesma que fez os viadutos da lagoinha ou o anel rodoviário de BH??? sem essa "engenharia" a vida humana estaria muito mais segura não acha?
 
Fernando
Fernando - 12 de Agosto às 13:20
Valmir: reformando a estrada fazendo pista dupla. Sim, já existem estradas com pista dupla, tripla... e mureta central no meio. O sujeito para ultrapassar não precisa invadir a contra mão, o que praticamente anula a possibilidade de colisão frontal! Inacreditável, não? Você já ouviu falar numa área do conhecimento humano chamada "engenharia civil"? Pois é, estamos bastante avançados nesse campo do conhecimento. A humanidade já é capaz de construir várias coisas, meu caro!
 
valmir
valmir - 12 de Agosto às 13:14
Fernando ...meu rei, esclareça um pobre ignorante pelamordideus: como colocar muretas dividindo as estradas de pista unica, como essa da foto????????????????????????????????????? isso quer dizer que alguem sairia de BH atras de carro e andaria 400 km atrás do mesmo carro pq nunca poderia ultrapassa-lo não é?
 
valmir
valmir - 12 de Agosto às 10:47
não sabem as causas porque não me perguntaram: p.i.n.g.a