SIGA O EM

Polícia Militar emite comunicado oficial sobre tumulto com bloco de carnaval na Praça Raul Soares

A corporação se justificou depois de confusão envolvendo militares e foliões do Bloco da Bicicletinha, argumentando que o grupo não era cadastrado e desrespeitou ordem de liberação do tráfego

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 05/02/2016 12:10

Guilherme Paranaiba

O tenente-coronel Gilmar Luciano, chefe do Centro de Jornalismo da Polícia Militar, se manifestou defendendo a ação dos militares do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) durante ocorrência na Praça Raul Soares, no Centro de Belo Horizonte, na madrugada de hoje. Os militares foram acusados por integrantes do Bloco da Bicicletinha, coletivo de ciclistas que percorreu ruas da cidade antes de parar na praça, de truculência para encerrar as festividades do grupo.

Foram lançadas 14 bombas de efeito moral e gás, além do disparo de 26 tiros de balas de borracha para dispersar o grupo estimado em 700 ciclistas, segundo as informações relatadas no boletim de ocorrência registrado pela PM.

 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
walter
walter - 11 de Ferveiro às 11:06
Pena de morte ja!
 
Marcelo
Marcelo - 05 de Ferveiro às 16:33
Já é hora de parar com isso de endemonizar a policia e exaltar a desordem!!!
 
Rodrigo
Rodrigo - 05 de Ferveiro às 15:54
Alguém esperava uma resposta diferente?
 
denio
denio - 05 de Ferveiro às 15:35
Onde está o video da agressão sofrida pelos policiais ??? Eu estava em meu automovel junto com minha esposa , seguiamos em destino ao sion e nos deparamos com este pessoal nas bicicletas na praça da liberdade. Todos alegres e tranquilos. Tanto onibus e automoveis seguiram o cortejo sem stress, sem buzinar ou ameaçar o pessoal. Na praça da savassi é que vimos uma viatura da rotam acelerar, buzinar, giroflex e sirenes ligadas e gritando pra pessoal sair da frente. O pessoal os deixou passar e logo em seguida a viatura diminui a velocidade e subiu calmante subiu a contorno. Queriam tumultuar.
 
Marcelo
Marcelo - 05 de Ferveiro às 15:21
Bateu pouco e prendeu menos ainda... Não se pode parar o trânsito assim a bel prazer de um grupelho de desocupados...
 
Alexandre
Alexandre - 05 de Ferveiro às 14:21
Engraçado que a PM age pra manter a ordem apenas quando lhes interessa. Quando um monte de gente desocupada, para completamente a cidade, bloqueando a praça 7 , no centro da cidade, tumultuando a vida de toda a cidade, eles simplesmente observam, pois os coitadinhos tem o direito à livre manifestação. Ora, se a lei deve ser cumprida, que seja pra todos. Atirar balas de borracha, bombas de gás e efeito moral em quem está somente se divertindo, é sim um ato de truculência da PM, que não tem qualquer justificativa pra isso.
 
Delcio
Delcio - 05 de Ferveiro às 14:02
Será que a PM mineira se preparou para BH ter carnaval de rua? Acho que o fato de não ter comunicado a saida dos ciclistas não é um fato tão significante parapara a repressao.
 
Fiuza
Fiuza - 05 de Ferveiro às 13:52
Ao invés de estarem essa galera toda ai festejando, e não sei o quê, com o país numa merda que está, porque não vamos essa turma toda para a porta das assembleias, outrora nas portas das câmeras, senado... Exigir que este governo que só quer receber e aumentar impostos, cumpram os seus deveres para com a população?
 
Adriano
Adriano - 05 de Ferveiro às 13:48
Parabéns PM.
 
walter
walter - 05 de Ferveiro às 13:29
A Polícia MiIlitar é um instituição obsoleta. São (eram) seres humanos submetidos à cruel lavagem cerebral. São catequizados sobre importância da hierarquia e do poder. Não há conserto. Deve ser extinta. Até lá continuarão perpetrando seus violentos crimes institucionalizados e com o apoio do Estado e demonstrando seu completo despreparo para lidar com a população.
 
aloisio
aloisio - 05 de Ferveiro às 13:10
Onde a polícia aparece ela age com covardia e excesso de força, qualquer lugar.
 
Bruno
Bruno - 05 de Ferveiro às 12:47
A qualidade desse vídeo reflete bem o profissionalismo da PMMG. O engraçado é que, quando uma chácara em frente a casa da minha mãe começou a ser alugada para festas, e ficamos um ano sem conseguir dormir nos finais de semana, sempre que ligávamos pra polícia eles falavam que não podiam fazer nada quanto ao barulho pois isso era problema da prefeitura...