SIGA O EM

Luísa Mell acusa Samarco de não pagar frete de doações para animais vítimas da tragédia

A ex-apresentadora de TV conta que teve que desembolsar R$ 4000 para que as doações chegassem ao destino

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2015 17:39 / atualizado em 23/11/2015 14:33

Marina Rigueira /Estado de Minas

A ativista de direito dos animais Luísa Mell acusou a Samarco, empresa responsável pela tragédia em Bento Rodrigues, de não honrar a promessa de pagar o frete de um dos caminhões de doações arrecadados pelo Instituto Luísa Mell.

Em um post no Facebook, na tarde deste domingo, a ex-apresentadora de TV conta que o instituto teve que desembolsar R$ 4000 para que as doações de alimentos, água, ração e vacinas para os animais chegassem ao destino.

Procurada pelo em.com.br, a Samarco ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Confira o post na íntegra:

Uma semana de trabalho, 62 toneladas de doações feitas via Instituto Luisa Mell entre ração, vacinas, alimentos e água...

Posted by Luisa Mell on Domingo, 22 de novembro de 2015

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600