Terra treme mais uma vez em Montes Claros

O pequeno sismo foi registrado por volta de 6h40 e foi sentido em vários bairros. A intensidade não foi registrada porque o Observatório Sismológico da Universidade Federal de Brasília (UnB) estava sem energia elétrica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

A terra tremeu mais uma vez em Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. A cidade, que tem um histórico de tremores, registrou um sismo na manhã desta terça-feira, por volta de 6h40. Moradores assustados ligaram para a Defesa Civil da cidade para avisar sobre a ocorrência. A movimentação foi sentida nos bairros Melo, Centro, Renascença, Tiradentes, Maracanã, Morada do Parque e Santa Rita.

Logo após as ligações, a Defesa Civil entrou em contanto com o Observatório Sismológico da Universidade Federal de Brasília (UnB), responsável pelo registro dos tremores. No entanto, o sismo de hoje não foi registrado. O coordenador do Obsis, Lucas Vieira Barros, explica que a UnB ficou sem energia elétrica na manhã de hoje, por isso os aparelhos que monitoram a intensidade de tremores não funcionaram. Os geradores do laboratório também não operavam no momento da ocorrência em Minas. Com as informações que teve da Defesa Civil, Barros acredita que foi um leve tremor com intensidade abaixo de 2.0 na Escala Richter.

A cidade registrou uma sequência de tremores nos últimos três anos. O mais forte deles – de 4,2 de magnitude, ocorrido em 19 de maio de 2012 - motivou a instalação de estações sismográficas da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade de São Paulo (USP), que passaram a monitorar os fenômenos, em parceria com a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Em março de 2013, foi divulgado relatório dos estudos, que confirmaram que a causa dos sismos é uma falha geológica de 3 quilômetros de extensão, situada a cerca 1,5 a 2 quilômetros de profundidade.
Tags: