Irmãs que morreram durante chuva na Serra do Cipó são enterradas

Quatro crianças morreram no acidente durante um temporal em Jaboticatubas, na Grande BH

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Paulo Filgueiras/EM/D.A Press

Foram enterrados na manhã desta terça-feira no Cemitério Parque da Colina, Região Oeste de Belo Horizonte, os corpos das irmãs Luiza Sydney Quintino dos Santos, 9, e Laura Sydney Quintino dos Santos, 4. O carro onde elas estavam foi arrastado no domingo pela enxurrada ao atravessar um córrego na Serra do Cipó, em Jaboticatubas, na Grande BH. Além delas, morreram Miguel Julio Reis, 4, sepultado na tarde de segunda-feira, e Beatriz Vianna Calábria, que será enterrada no final da manhã de hoje.

No velório das irmãs a família preferiu não falar com a imprensa. Somente a coordenadora do maternal onde Laura estudava, Luciana Maria Gonçalves, comentou o acidente. Ela disse que a criança vai deixar saudade, porque era uma menina muito alegre e sorridente.

Família e amigos estavam no sítio do sociólogo Breno Calábria passando o feriado, no povoado de Vila Felipe. Como de costume, três casais de amigos e os filhos foram visitar uma cachoeira na região. Ao perceberem o tempo fechando decidiram deixar o local. Por volta de 15h uma tromba d’água atingiu a região da Serra do Bené.

Todos estavam uma Mitsubishi L-200 cabine dupla que foi arrastada pelo leito do córrego. O motorista Breno estava com Andrea Coelho Viana, as quatro crianças que acabaram morrendo, outra menina, Beatriz Julião Reis, de 9 anos que sobreviveu ao acidente e Daniela Correia Sidney, de 42, também sobrevivente.

Tags: