SIGA O EM

Ministro da Educação destaca redução de abstenções e atuação da PF no primeiro dia de Enem

Dos 364 candidatos eliminados do Enem neste sábado, 34 portavam algum tipo de equipamento eletrônico e uma pessoa foi pega postando foto em rede social. Número de abstenções reduziu em relação ao ano passado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/10/2015 19:49 / atualizado em 24/10/2015 20:38

Paula Carolina /Estado de Minas , Valquiria Lopes

Mariana Leal/MEC

A atuação da Polícia Federal e a redução no número de abstenções contribuíram para a avaliação positiva do primeiro dia de aplicação de provas do Enem 2015, feita pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, no início da noite deste sábado.

Neste sábado, 364 candidatos foram eliminados dos locais de prova por desrespeitarem as regras do concursos. Destes, 34 foram casos identificados com uso de detectores de metal. Uma pessoa foi eliminada das provas porque fotografou o material de prova e postou a informação em uma rede social. "O nome não será divulgado, pois não faz sentido expor. Ela, inclusive, pediu desculpas", disse o ministro, ressaltando uma curiosidade. "Havia 23 pessoas com o mesmo nome e data de nascimento. Mas foi feito um trabalho e a identificamos", acrescentou.

Ainda segundo o ministro, todos os casos serão apurados pela Polícia Federal. No ano passado, nos dois dias, foram 1.519 eliminações, sendo 236 por uso indevido de celulares.

De qualquer forma, Mercadante fez uma avaliação positiva do primeiro dia de Enem: “Tivemos hoje um grande êxito. Não tivemos nenhum incidente que pudesse prejudicar a realização do exame. Os participantes tiveram condições adequadas para fazer a prova e estamos celebrando um grande Enem, seguro e com todos os procedimentos que se desenvolveram como prevíamos”, afirmou o ministro. Segundo ele, o índice de abstenção foi de 25,31% em relação ao total de inscritos, o que representa cerca de 1,8 milhão de candidatos. “A cada ano, as abstenções vêm diminuindo”, destacou o ministro sem, no entanto, garantir se este foi o menor número de abstenções da história. "Amanhã vocês terão esse dado", avisou.

Segundo Mercadante, o índice é mais baixo que o do ano passado, que foi de 28,64%, ou o equivalente a 2,4 milhões de candidatos. De acordo com o ministro, o índice de 2015 pode ser ainda menor, tendo em vista que 800 mil alunos que fazem o Enem para certificação do Ensino Médio fazem prova apenas no domingo, o que pode elevar a presença de candidatos nos locais de prova. O menor índice foi registrado na Paraíba (20,36%), enquanto o maior ocorreu em Roraima (34,9%).

Mercadante ressaltou que, no primeiro dia, 6.911.938 acessaram o cartão de inscrição; enquanto 834.498 participantes não o fizeram. Ele ainda enfatizou que o cartão ficou disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) por 22 dias, tempo mais do que suficiente para todos os candidatos imprimi-lo e anteciparem o processo e, inclusive, visitarem com antecedência os locais de provas para evitar transtornos na hora da prova. "Foram muito poucos os que não entraram por atraso. Cerca de 25 mil entraram sem problema. A lição que fica tem um caráter pedagógico: chegar mais cedo no próximo ano", alertou. Ele ressaltou que possíveis abusos em relação ao horário de abertura e fechamento dos portões serão investigados.

Sobre a escolha dos locais de prova, ele disse que foi feito o melhor possível, dentre os locais disponíveis. "Mas o exame é gigantesco. O segundo maior do planeta e o nosso maior. Aliás, proporcional à população é o maior exame do planeta. Então são usados os espaços de escolas disponíveis", afirmou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Ana
Ana - 24 de Outubro às 23:34
Quero saber é dos DIPLOMAS DE CONCLUSÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL.. Quero saber também qual é a JUSTIFICATIVA para a LEI do meu CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DE 2º GRAU, eu consultei a informação em Planalto Legislação, e vi toda cheia de riscos. QUE EU SAIBA, DIPLOMA DE CONCLUSÃO DE CURSO, É VÁLIDO PARA SEMPRE. Quero saber, qual é a justificativa disso? Eu fiz, e eu conclui, o meu 2º GRAU.