SIGA O EM

Lição para desviar do estresse

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/08/2015 06:00 / atualizado em 21/08/2015 09:16

Landercy Hemerson

O fim das férias escolares trouxe de volta às ruas de Belo Horizonte cerca de 50 mil veículos, segundo a BHTrans. Ontem, de acordo com a Secretaria de Estado da Educação, 563 mil alunos retornaram às salas somente em BH. O impacto no tráfego é inevitável, mas atitudes simples de motoristas que transportam estudantes podem minimizar o quadro, como destaca o coordenador do curso de geografia do Centro Universitário Uni-BH, Danilo Marques de Magalhães, que incentiva o planejamento e as caronas solidárias.

“No caso das escolas, todos chegam em um mesmo horário, e então há um efeito funil”, constata. “A solução pode estar em chegar um pouco antes e parar em local próximo, com tempo para desembarcar a criança em segurança e levá-la à entrada”, sugere. Para o coordenador, o planejamento também contribui.“Há ferramentas com uso de GPS, disponíveis na internet, com informações em tempo real sobre as condições do tráfego. Muitas apontam rotas alternativas, que vão permitir desviar de engarrafamentos.”

Mas, para Danilo Magalhães, o principal ainda é o respeito à legislação de trânsito. “Regras como a de preferência, locais permitidos para estacionar, entre outras, fazem com que o sistema funcione. Se não são respeitadas, as vias ficam bloqueadas, sem contar o risco de acidentes”, alerta. Magalhães aponta ainda que a carona solidária entre pais ajuda a reduzir o número de veículos nas ruas.

Ontem a BHTrans deu início à operação “Na volta às aulas, dê uma lição de cidadania”, em 45 escolas de vários bairros da capital. As ações educativas vão até dia 14. A empresária Gabriela Mendes Azevedo, de 37 anos, apoia a campanha. “Pena que não é durante todo o período letivo”, brinca. Ela procura fazer sua parte. “Três vezes por semana busco meu filho e quatro crianças vizinhas. Sempre chego mais cedo, para não parar tão perto da escola. Tem funcionado bem, sem estresse”, garante.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600