SIGA O EM

Minas é destaque no Exame Nacional de Ensino Médio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/01/2015 10:34

Estado de Minas

Cristina Horta/EM/D.A Press

As várias noites em claro com os livros e os lápis nas mãos, as intermináveis aulas de redação e as baladas dos fins de semana trocadas por várias horas de estudo tiveram resultado positivo para os mineiros que fizeram o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) em 2013. Em dezembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o resultado das escolas brasileiras na pontuação do Enem. No ranking, Minas se destaca com cinco instituições entre as 12 melhores do Brasil: Colégio Bernoulli, em Belo Horizonte, que alcançou a 2ª colocação; Colégio Santo Antônio, também na capital mineira, com o 5º lugar; Colégio Elite Vale do Aço, de Ipatinga, Região do Vale do Aço, em 9º; Coleguium, também de Belo Horizonte, em 10º, e o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa – Coluni, na Zona da Mata, em 12º – a melhor colocação entre as escolas públicas.

Para o diretor de Ensino do Colégio Bernoulli, Rómmel Fernandes Domingos, o bom resultado da instituição no Enem foi uma consequência de muito trabalho de toda a equipe. “Nossa principal estratégia é ter excelentes fontes de ensino. Temos professores ótimos que, além de ensinar os alunos, transformam a aula monótona em momentos bons, fazendo com que os estudantes queiram não só estar presentes nas aulas, mas também participar das atividades”, destaca.

Quando o assunto é redigir um texto, o Coleguium Rede de Ensino se destaca. A instituição alcançou a 1ª posição nacional na redação do Enem de 2013, com uma média de 869. No 3º ano do ensino médio, o aluno tem uma carga horária de 42 horas semanais, além das provas nos fins de semana. Porém, a gerente pedagógica do colégio, Daniele Passagli, afirma que desde o ensino fundamental os estudantes são incentivados a ler e escrever textos.

A estudante Bruna Kalil foi uma das alunas que se destacaram na redação. Hoje, Bruna cursa letras na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e conta que é apaixonada por literatura. “Sempre li muito.” A estudante afirma que, apesar da estrutura que o colégio oferece, a união na sala de aula foi um diferencial para que pudesse se inteirar em outras disciplinas que tivesse mais dificuldades. “Estudei no Coleguium por mais de 10 anos. A turma era unida. Nos dias em que não tínhamos aula à tarde, juntávamos para estudar. Como tinha facilidade em literatura, auxiliava os que tinham dificuldade e vice-versa.”
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600