SIGA O EM

Bruno volta atrás e decide manter Quaresma no caso

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Depois de uma reunião na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, o advogado Ércio Quaresma convenceu o goleiro Bruno a mantê-lo como seu defensor. Segundo Quaresma, na manhã desta terça-feira, Bruno havia assinado uma procuração para que uma nova advogada assumisse a defesa no processo de desaparecimento e morte de Eliza Samudio.

Quaresma não revelou quem é a advogada, mas disse que encontrou-a na penitenciária ao chegar para a reunião com o jogador. Segundo o defensor, o motivo que levou Bruno a assinar a procuração foram difamações contra o advogado, feitas por pessoas que estão desaconselhando o cliente a manter Quaresma no caso. “Eu não tenho paciência para que fenômenos como esses ocorram com muita frequencia”, disse o advogado se referindo à dispensa desta terça.

Ércio Quaresma continua como advogado de Bruno, pois a procuração assinada já não vale mais. O episódio desta terça reafirma o circo dos horrores que se transformou o Caso Bruno. Durante o inquérito, o vazamento de informações sigilosas, contradições, denúncia de agressão e outras mazelas prejudicaram o andamento das investigações. Agora, às vésperas da primeira audiência de instrução e julgamento do processo, que começa na sexta-feira, o goleiro Bruno mobiliza as atenções ao dispensar e recontratar o advogado de defesa no mesmo dia.