SIGA O EM

Dentro de cela

Bruno raspa cabeça e tem o cabelo queimado

Cabelo foi queimado na frente do goleiro para que o material não fosse usado em uma análise de exame de DNA

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/07/2010 14:01 / atualizado em 29/07/2010 17:46

Beto Magalhaes/EM/D.A.Press
O goleiro Bruno teve o cabelo raspado na manhã desta quinta-feira, na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo informações da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o própio jogador fez o corte. Os pedaços de cabelo cortados foram queimados, por um agente penitenciário, dentro da cela na frente do goleiro. O prcedimento foi feito para evitar que o material fosse utilizado em uma análise de um exame de DNA, informou a secretaria.

Quem também teve o cabelo raspado, foi o amigo de infância de Bruno, Luiz Henrique Romão, o Macarrão. Os outros quatro homens presos por suspeita de envolvimento no desaparecimento de Eliza Samudio, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola; Wemerson Marques, o Coxinha; Flávio Caetano; e Elenilson Vitor da Silva, já haviam raspado o cabelo.

Ainda de acordo com a Seds, o procedimento de corte de cabelo é padrão. Todos os presos quando entram no sistema prisional tem que cortar o cabelo. Como Bruno e Macarrão estavam com o cabelo curto, quando foram presos, o procedimento só foi feito nesta quinta-feira.