SIGA O EM

Confira o vai e vem dos presos no Caso Bruno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 25/07/2010 08:53

Movimentação gerada pelo inquérito que investiga o desaparecimento e suposto assassinato de Eliza Samudio

6 de julho

Adolescente de 17 anos, primo de Bruno, é apreendido no Rio e trazido para Belo Horizonte por policiais civis fluminenses.

As delegadas Ana Maria Santos e Alessandra Wilke vão para o Rio num avião Bandeirante da Polícia Civil mineira.

Duas viaturas da corporação também se deslocaram para a capital fluminense. Ao todo, 15 pessoas fizeram parte da diligência no Rio.

7 de julho

Dayanne Rodrigues, mulher de Bruno, é presa e levada ao Departamento de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP). Ela fez exame de corpo delito no IML antes de ser transferida para a Penitenciária Feminina Estevão Pinto.

Sérgio também foi preso e levado do DIHPP para o IML, seguindo posteriormente para o Ceresp Gameleira.

8 de julho

Avião da Polícia Civil retorna do Rio trazendo Bruno, Macarrão, as delegadas, agentes e uma assessora
da corporação.
As duas viaturas também voltam para a capital mineira.

Comboio com mais de 50 policiais (10 viaturas e um helicóptero) transporta Bruno e Macarrão do Aeroporto da Pampulha até o DIHPP. Depois, eles são levados para a Penitenciária Nelson Hungria.

Bola é preso no Bairro Copacabana, em Venda Nova, e levado para o DIHPP.

9 de julho

Sérgio é levado do Ceresp Gameleira ao DIHPP, para prestar depoimento.

O mesmo ocorreu com Bruno, Macarrão e Bola, presos na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem.

Flávio Caetano Araújo, Wemerson Marques (Coxinha) e Elenilson Vitor da Silva são presos e levados do DIHPP para a Nelson Hungria.

12 de julho

Bola é levado da Nelson Hungria para ser
ouvido no DIHPP.

O mesmo ocorre com Flávio, Coxinha e Elenilson Vitor.

13 de julho

Adolescente é transferido para Minas, presta depoimento na Vara da Infância e Juventude de Contagem e é levado para o Centro de Internação Provisória do Horto.

15 de julho

Forte esquema de segurança é montado para levar Bola da Nelson Hungria ao DIHPP, para ser ouvido outra vez.

16 de julho

Dayanne é levada da Estevão Pinto ao DIHPP e é ouvida das 16h às 4h do dia 17.

Preso na Nelson Hungria, Macarrão também é levado ao DIHPP.

19 de julho

Bruno e Macarrão transportados novamente da Nelson Hungria ao DIHPP.

22 de julho

Bruno, Macarrão, Bola e Sérgio são levados da penitenciária para o Fórum de Contagem, para participar da instrução criminal do adolescente. Camelo, que estava preso no Ceresp São Cristóvão, é transferido para a Nelson Hungria.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Marcus
Marcus - 26 de Julho às 16:34
Briga boa Maria SouzaxEduarda Nascimento
 
Maria
Maria - 26 de Julho às 12:14
Eduarda, você parece estar muito preparada para prestar um concurso público para delegada. Então, não fique perdendo seu tempo, como eu venho perdendo o meu lendo seus comentários totalmente tendenciosos à defesa de indiciados que, se fossem mesmo inocentes, já teriam falado, esclarecendo o fato.
 
CARLOS
CARLOS - 26 de Julho às 09:00
COM TECNOLOGIA ATUAL, NÃO SERIA NECESSÁRIO OS DESLOCAMENTOS.
 
eduarda
eduarda - 25 de Julho às 14:09
A culpa e do delegado que nao sabe trabalhar, esta fazendo deste caso, uma palhaçada. Ele quer holofotes, como se fosse uma novela mexicana, onde o delegado é a estrela