Publicidade

Estado de Minas AMÉRICA

Com 'bagagem', Raúl Cáceres chega ao América como trunfo para Libertadores

Experiente, lateral-direito conhece bem o Guaraní, rival do Coelho na busca pela inédita classificação para a fase de grupos do torneio


22/01/2022 09:13 - atualizado 22/01/2022 09:23

Raúl Cáceres espera contribuir com experiência adquirida em disputas internacionas
Raúl Cáceres espera contribuir com experiência adquirida em disputas internacionas (foto: Mourão Panda/América)
Um dos reforços do América para a temporada, o lateral-direito Raúl Cáceres aposta na experiência e bagagem no futebol sul-americano para ajudar o Coelho no principal objetivo neste primeiro semestre: alcançar a fase de grupos da Copa Libertadores. Ele é um dos trunfos do técnico Marquinhos Santos para o duelo contra o Guaraní, do Paraguai, adversário que conhece bem.

O paraguaio, que terá a concorrência de outro experiente jogador, Patric, titular em 2021, foi apresentado pelo América e comentou sobre a perspectiva de contribuir para uma temporada marcante do clube alviverde em 2022. Além de buscar a fase de grupos da Libertadores, o Coelho mira boa campanha na Copa do Brasil, pela qual estreará nas oitavas de final, e no Brasileirão.

"Estou feliz em estar aqui. Um time grande, muito sério, que está fazendo as coisas bem há muito tempo. Já conhecia o América e sabia que era um Clube bem estruturado e que tem pela frente um momento importante com a estreia na Libertadores. Estou contente por essa oportunidade", destacou Cáceres, que deixou o Cruzeiro, pelo qual atuou em 2021, e foi anunciado pelo América na quarta-feira passada.

Aos 30 anos, ele espera contribuir com a vasta experiência na carreira. "Aqui no clube também há outros companheiros que já jogaram a Libertadores. Sabemos que é uma competição internacional, a primeira vez que o clube vai jogá-la. O foco e a concentração são fatores importantes. Seja nos treinos das próximas semanas, seja nos jogos, temos de manter o máximo de concentrados para tornar as coisas mais fáceis para nós no momento dos confrontos", explicou.

O América enfrentará o Guaraní em dois jogos, para se manter vivo na disputa para alcançar a fase de grupos, feito inédito no clube mineiro. O primeiro confronto será no dia 23 de fevereiro, no Independência. Na partida da volta, em 2 de março, o Coelho buscará a classificação em território paraguaio. Cáceres conhece bem o adversário e dará boas dicas aos companheiros.

"Temos de tomar todas as precauções possíveis. É um time muito organizado e que tem uma transição muito rápida. Conheço o treinador (Fernando Jubero) e os jogadores. Então, o América precisa fazer um bom jogo dentro de casa, tentar ter alguma vantagem no placar para fazer mais um bom jogo no Paraguai e obter a classificação", projetou.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade