Publicidade

Estado de Minas MERCADO

Luxemburgo fala em títulos no Palmeiras


postado em 16/12/2019 04:00

Treinador, de 67 anos, assinou contrato por duas temporadas e vai receber R$ 600 mil por mês, além de bônus por metas alcançadas(foto: THIAGO RIBEIRO/AGIF/ESTADAO CONTEUDO 25/08/2019)
Treinador, de 67 anos, assinou contrato por duas temporadas e vai receber R$ 600 mil por mês, além de bônus por metas alcançadas (foto: THIAGO RIBEIRO/AGIF/ESTADAO CONTEUDO 25/08/2019)

O Palmeiras não demorou muito para arrumar um treinador após a negativa do argentino Jorge Sampaoli.  E a aposta é em um velho conhecido: Vanderlei Luxemburgo, que assumirá o time alviverde pela quinta vez. O acerto ocorreu ontem, em uma reunião entre dirigentes do clube e o treinador, de 67 anos, assinou contrato por duas temporadas e receberá salário por volta de R$ 600 mil mensais.

“É uma honra, uma satisfação pessoal muito grande estar de volta. Nada resiste ao trabalho, vamos trabalhar e vamos para as competições. Pela grandeza do Palmeiras, é para brigar por títulos. Se vamos ganhar ou não será questão de momento. Conto com vocês, meu centroavantes, que sempre me ajudaram a colocar a bola para dentro. Será muito importante a sua participação com a equipe, formarmos um elo, entre jogadores, comissão técnica, torcida e diretoria. Nós, juntos, somos muito fortes, conto com vocês”, disse o treinador, por meio de um vídeo direcionado aos torcedores.

O Palmeiras informou que o treinador já inicia o trabalho neste mês, indicando reforços para a próxima temporada. Luxemburgo chega para substituir Mano Menezes, demitido ainda durante o Campeonato Brasileiro. A primeira passagem de Vanderlei Luxemburgo pelo Parque Antártica foi entre 1993 e 1994. Ele voltou em 1995 e 1996 e em 2002. Dirigiu o time pela última vez entre 2008 e 2009. No total, conquistou sete títulos no clube: o Campeonato Paulista em 1993, 1994, 1996 e 2008; o Torneio Rio-São Paulo em 1993 e o Brasileiro em 1993 e 1994.

Apesar dos títulos, Luxemburgo também colecionou muitas polêmicas no Palmeiras. A última, que decretou sua saída na terceira passagem, envolveu o atacante Keirrison. O treinador criticou publicamente o atacante pelo fato de ele não ter comparecido a um treinamento, após receber proposta do Barcelona. O presidente palmeirense na época, Luiz Gonzaga Belluzzo, decidiu demitir o treinador alegando quebra de hierarquia.

No total, Luxemburgo comandou o Palmeiras em 373 jogos, com 226 vitórias, 81 empates, 66 derrotas; foram 759 gols marcados e 345 gols sofridos. Em sua comissão técnica elel terá o fiel escudeiro, o preparador Antônio Melo, e o auxiliar Maurício Copertino.

O salário de R$ 600 mil acordado com o Palmeiras é o mesmo que o Vasco oferecia a Luxemburgo. A diferença está no projeto esportivo: o técnico terá bônus maiores por metas e melhores condições para alcançá-las. O primeiro desafio será quebrar o jejum de 11 anos do time sem título paulista – o último foi em 2008, em sua quarta passagem pelo Verdão. Naquela oportunidade, ele já quebrava um jejum de 12 anos, sendo que o troféu conquistado em 1996 também havia sido sob o comando de Luxemburgo.

ABEL BRAGA
Já o Vasco fez a primeira investida para substituir Vanderlei Luxemburgo. O alvo é o ex-cruzeirense Abel Braga, que neste ano também comandou o Flamengo. A diretoria cruz-maltina fez contato com o estafe do treinador e se prepara para iniciar negociações, segundo o jornal Extra.


Publicidade