Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Acompanhamentos

Mingau de couve

Receita fornecida por Maria Izidoro Teixeira, dona Fisica, de Viçosa (31-3891-6189)


postado em 10/06/2016 09:00

Ingredientes:

- 300 g de fubá de moinho

- 3 molhos de couve

- 1 molho de cebolinha

- 1 colher (sopa) de alho socado

- 1 concha de óleo

- 500 g de carne de porco (qualquer parte)

- moída

- 3 litros de água

- Meia colher (sopa) de sal

- 2 cebolas raladas

Ondeficar:

Palace Hotel (31) 3891-3872

Príncipe Hotel (31) 3891-7117

Hotel Buganville (31) 3892-4638

Modo de Preparo:

Dissolver o fubá na água fria. Esquentar o óleo, fritar o alho e, quando ele estiver corado, despejar a água com o fubá. Mexer sem parar, durante meia hora, até ficar cozido e no ponto de creme (mais mole). Em outra panela, refogar a carne moída, misturada com as cebolas raladas, em uma colher (sopa) de óleo e uma colher (sopa) de tempero caseiro (alho e sal). Em outra panela, refogar a couve com uma colher (sopa) de óleo e uma colher (sopa) de tempero caseiro.

Assim que a carne e a couve estiverem prontas, virá-las no mingau e deixar ferver durante 20 minutos, em fogo baixo, mexendo sempre, com uma colher de pau. Pode-se acrescentar uma pitada de pimenta-do-reino. Porção para 20 pessoas.



Caldo de mineiridade

Água, carne, fubá e couve Esses são os quatro elementos que, combinados, se transformam num dos pratos mais pedidos do restaurante Dona Fisica, na Praça Silviano Brandão, 30, Centro de Viçosa. O mingau de couve é gostoso pela própria natureza, tem história e faz a alegria a qualquer hora, principalmente naquelas em que se precisa repor as forças. Com urgência! A proprietária Maria Izidoro Teixeira Chaves, cujo apelido batiza a casa, gosta de comida simples, dessas bem mineiras - e quem não gosta?

- e prima por servi-la da melhor maneira. Para começar, ela mesma cuida de todos os detalhes, há 28 anos. Sem muita invenção, põe o alho e a gordura na panela e, em seguida, a carne moída, "para tudo ficar bem refogadinho". A verdura também recebe atenção especial. Apertada entre os dedos na hora de picar, ela sai na espessura de uma hóstia, fininha, perfeita para dar a textura exata ao caldo. Diante da panela fumegante, todos ficam impressionados com a dedicação de dona Fisica, cozinheira de boa cepa, que mostra verdadeiro amor pelo que faz.

Só resta mesmo, bem devagarinho, saborear a sua obra e agradecer de todo o coração.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade