Publicidade

Estado de Minas

Lacerda mantém agenda de candidato, mesmo sem definição da Justiça

O ex-prefeito se reuniu com deputados e lideranças que o apoiam para definir os rumos da campanha


postado em 08/08/2018 06:00 / atualizado em 08/08/2018 07:40

Lacerda incluiu Jaime Martins e Adalclever nas novas articulações(foto: Reprodução Facebook)
Lacerda incluiu Jaime Martins e Adalclever nas novas articulações (foto: Reprodução Facebook)


Enquanto aguarda definição judicial da briga com a Executiva Nacional do PSB, o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB) fez ontem a primeira reunião com as legendas que apoiam sua candidatura ao governo de Minas. Ao lado do presidente da Assembleia, deputado Adalclever Lopes (MDB), candidato a vice-governador, e do deputado Jaime Martins (Pros), candidato ao Senado, Lacerda se reuniu com deputados e lideranças das legendas da coligação para definir os rumos da campanha.

Um dia após confirmar a candidatura de Lacerda no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). advogados dos sete partidos que compõem a coligação se reuniram para avaliar os riscos de uma decisão impedir o ex-prefeito de disputar a eleição. A Executiva Nacional do PSB determinou que o partido não lançaria candidato ao Palácio da Liberdade após fechar acordo com o PT na semana passada. No entanto, Lacerda não aceitou a determinação nacional e manteve sua candidatura.

“Conseguimos reunir em torno do meu nome um conjunto de forças que têm em comum a vontade e a firma disposição de enfrentar a maior crise da história do nosso estado. Temos convergências para oferecer ao povo mineiro um caminho alternativo a essa polarização entre PT e PSDB que vem prevalecendo em Minas Gerais nos últimos 20 anos”, escreveu Lacerda em suas redes sociais após a reunião com os aliados.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade