Publicidade

Estado de Minas FOCO NA QUALIDADE

Planos de saúde investem em rede própria de atendimento

Ampliação da estrutura assistencial nos estados otimiza qualidade dos serviços prestados aos pacientes e melhora o controle de custos


Sistema Unimed Mineiro
Conteúdo patrocinado
Sistema Unimed Mineiro
postado em 03/03/2020 11:48 / atualizado em 03/03/2020 11:52

(foto: Divulgação/Unimed)
(foto: Divulgação/Unimed)
Na saúde suplementar, a verticalização se baseia na construção de serviços próprios e é vista hoje como uma estratégia para que os planos de saúde se tornem mais fortes e competitivos, além de manter e assegurar uma melhor qualidade de atendimento, contribuindo com o controle de custos. 
 
Em 2014, uma pesquisa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostrava que 40% dos planos médicos do País já ofereciam hospitais e laboratórios próprios. Dados da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) apontam que, em 2018, o setor registrou R$ 16,7 bilhões em investimento em rede assistencial, o que representa um crescimento de 99,9% em valores nominais, saltando de R$ 8,3 bilhões em 2013 para R$ 16,7 bilhões em 2018. 
 
Reinaldo Scheibe, presidente da Abramge, ressalta que o alinhamento do trabalho permite um atendimento de qualidade e eficiente(foto: Divulgação)
Reinaldo Scheibe, presidente da Abramge, ressalta que o alinhamento do trabalho permite um atendimento de qualidade e eficiente (foto: Divulgação)
“A verticalização permite que todo um conjunto de serviços seja prestado com o mesmo objetivo, seja operadora, clínica ou hospital, todos trabalhando para oferecer o melhor resultado para o paciente, que é um atendimento de qualidade e eficiente”, afirma Reinaldo Scheibe, presidente da Abramge. 
 
Segundo Aylan César de Melo, diretor de Integração e Mercado da Unimed Federação Minas, a verticalização tem sido puxada pelas organizações líderes de mercado, como o Sistema Unimed mineiro, que está presente em 98% de Minas Gerais, e, desde 2015, adotou o investimento em redes próprias como bandeira. 
 
A ampliação da rede própria da Unimed no estado já resultou na criação de 15 hospitais, 15 laboratórios, 13 farmácias, 24 unidades de pronto atendimento, 25 clínicas, 43 núcleos de promoção à saúde e 80 ambulâncias. 
 
A mais recente aquisição foi o Hospital São José, em Passos, que era arrendado pela Unimed Sudoeste de Minas desde 2008. Com a compra, poderão ser atendidos mais de 8.600 clientes da Unimed Sudoeste de Minas e cerca de 20 mil de outras Unimeds e convênios diversos.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade