Publicidade

Estado de Minas VOCAÇÃO PARA O CUIDADO

Cooperativismo aponta caminho de sucesso para profissional médico brasileiro

Em semana que se celebra o Dia do Médico, especialistas analisam as perspectivas do mercado.


Sistema Unimed Mineiro
Conteúdo patrocinado
Sistema Unimed Mineiro
postado em 25/10/2017 11:08 / atualizado em 25/10/2017 17:01

(foto: Mário Laine)
(foto: Mário Laine)
No último dia 18 de outubro celebrou-se o Dia do Médico, uma profissão com papel fundamental na manutenção do bem-estar, prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças. Mais do que uma profissão, trata-se de uma vocação para o cuidado e para o servir ao outro, que exige estudo, disciplina e caráter. Tornar-se médico não é tarefa fácil, a trajetória se inicia com uma longa formação profissional, que exige, basicamente, seis anos de graduação, dois anos de residência médica e muita dedicação à teoria e à prática.

Ao longo das últimas décadas, o mercado da medicina evoluiu rapidamente, obtendo consideráveis avanços tecnológicos e modernizações da medicina diagnóstica e laboratorial. Entretanto, ainda é na relação médico e paciente que se obtém o melhor cuidado e as melhores soluções para a resolução de enfermidades. “Não podemos nos esquecer que 70% de todos os diagnósticos são advindos da anamnese, o que reforça que os doentes precisam de médicos, não só de exames ou de remédios”, afirma Marcelo Mergh Monteiro, presidente executivo da Unimed Federação Minas.

Foi dessa dedicação ao cuidado que, há 50 anos, um grupo de médicos criou o que viria a se tornar a maior cooperativa médica do mundo, a Unimed. Em cinco décadas a medicina se transformou, o mercado da saúde suplementar se expandiu, mas o princípio básico do cuidado humano segue o mesmo entre os cooperados. Segundo Edmundo Castilho, um dos fundadores do Sistema Unimed, “Ser Unimed é ser gente, o médico tratando o cliente com respeito e o cliente respeitando o médico. As duas parcelas se beneficiando com isso. Respeitando o país, respeitando o mundo, respeitando a vida”.

Com mais de 17 mil médicos cooperados, que atuam em diversas especialidades, o Sistema Unimed mineiro é, hoje, o maior plano de saúde do estado. São 66 cooperativas que atendem a quase três milhões de clientes em 98% do território mineiro. Diante disso, tornou-se referência no cuidado à saúde. Seu modelo de atenção integral estimula a sinergia entre as etapas de tratamento, proporcionando ao paciente uma assistência longitudinal. Seus serviços médicos incentivam hábitos saudáveis, promovem o autocuidado e oferecem saúde de melhor qualidade aos beneficiários.

Esse modelo de sucesso se deve ao compromisso dos médicos e profissionais de saúde que compõem o Sistema Unimed mineiro. Nesta data tão importante, reconhecemos a dedicação de nossos cooperados e homenageamos os profissionais que se comprometem a enxergar além do óbvio, promovendo a escuta e a dedicação integral ao outro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade