Publicidade

Estado de Minas TECNOLOGIA

Amor 2.0: sites e apps aproximam corações e facilitam relacionamentos

Ferramentas digitais mudam forma com que pessoas se relacionam, tornando a procura pelo par ideal mais prática. Entenda o impacto dessa tendência


Relacionamento Digital
Conteúdo patrocinado
Relacionamento Digital
postado em 07/10/2019 11:52

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Em um mundo cada vez mais conectado, encontrar o par perfeito pode estar a apenas um click de distância. Sites e aplicativos de relacionamento surgem a cada instante tornando a vida de quem está procurando um novo amor muito mais fácil. E foi-se o tempo em que buscar um amor por uma plataforma virtual poderia soar estranho ou um tanto quanto arriscado. 

De acordo com uma pesquisa feita pelo Happn Brasil, 60% dos brasileiros já utilizou algum aplicativo de relacionamento, como o próprio Happn ou o Tinder, para encontrar um candidato à paquera. A pesquisa ainda revelou um outro dado tão interessante quanto curioso: além de um relacionamento, os solteiros também usam esses aplicativos para fazer amizades.

E engana-se quem pensa que esse é um recurso utilizado apenas por jovens e adolescentes em busca de uma distração momentânea. Segundo a pesquisa “Estudo dos Solteiros” da Match Group, empresa que mantém aplicativos de relacionamento, o perfil de pessoas que buscam parceiros nessas plataformas é majoritariamente de adultos maiores de 40 anos. A pesquisa revelou, ainda, que três a cada 10 usuários têm mais de 50 anos. Apenas 8% dos 5.200 perfis pesquisados possuía, no momento da pesquisa, menos de 29 anos. 

Relacionar-se no mundo virtual antes mesmo de se conhecer no mundo real, além de uma tendência é algo que pode ser bastante vantajoso para o casal. Isso porque os aplicativos e sites de relacionamento fazem uso de tecnologias que permitem filtrar as preferências e, assim, encontrar o perfil desejado mais facilmente. Dessa forma, o futuro casal tem menos chances de se frustrar por incompatibilidade de ideias, preferências e planos para o futuro. 

Saber o perfil de uma pessoa antes de decidir levar o relacionamento mais a sério também pode ser crucial para o sucesso da relação. Assim como o perfil de solteiros que buscam novos parceiros via aplicativos ou sites de relacionamento, a durabilidade desses relacionamentos também tem quebrado preconceitos e tabus.

O aplicativo ou plataforma funciona como uma ponte para conectar duas pessoas interessadas e dispostas a se conhecerem melhor, o que é o pontapé inicial de toda relação. A probabilidade da paquera evoluir para um relacionamento mais sério ou até mesmo um casamento é tão real e possível quanto a de um casal apresentado por um conhecido ou em um grupo de amigos, por exemplo.

Sem julgamentos: novas possibilidades e experiências para todos


As plataformas online para relacionamentos são um novo modelo social de interação e aproximação. E nesses novos padrões de relações sociais não há espaço para julgamentos, tabus e preconceitos. Eles oferecem muitas possibilidades para pessoas de todas as idades, classes sociais, perfis e culturas, além de atender a diferentes expectativas. 

Algoritmos, filtros e outras tecnologias permitem que o usuário não apenas descreva suas preferências como também trace o perfil ideal de pessoa com quem ele quer se relacionar. Esses recursos ajudam para que ninguém tenha que começar um relacionamento com pouco ou nenhum conhecimento sobre o parceiro. É o caso de sites como Badoo, Par Perfeito ou Meu Rubi, que reúnem pessoas com interesses semelhantes.
 

Amor sem fronteiras: a tecnologia para aproximar pessoas e gerar conexões


Assim como é possível filtrar as preferências e escolher um perfil desejado, os aplicativos e sites de relacionamento dispõem, na maioria das vezes, de um sistema de geolocalização que permitem ao usuário encontrar um parceiro dentro das limitações geográficas definidas por ele. Assim como também é possível encontrar uma pessoa de uma outra região completamente diferente e oposta a que você vive. Esse recurso é muito útil para quem quer conhecer uma pessoa de uma região específica ou uma companhia momentânea durante uma viagem, por exemplo.

Tal como outros aplicativos e plataformas de serviços, os sites e apps de relacionamento vieram para facilitar a vida das pessoas e se tornaram uma tendência. Com o diferencial de que esses recursos mudaram a forma de se relacionar, seja para paquera, namoro ou amizade, e dão indícios de que não vão cair em desuso.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade