Publicidade

Estado de Minas ALERTA

Vacinação e cuidados ajudam a prevenir sintomas da gripe

Altamente contagiosa, a gripe pode ser evitada com medidas de prevenção; Mater Dei disponibiliza vacina quadrivalente contra o vírus


Rede Mater Dei de Saúde
Conteúdo patrocinado
Rede Mater Dei de Saúde
postado em 13/05/2019 10:57 / atualizado em 13/05/2019 11:04

(foto: Breno Pataro/EM/D.A Press)
(foto: Breno Pataro/EM/D.A Press)


Com a chegada do outono, é necessário ter atenção para o risco de epidemia de Influenza. Segundo o Center for Disease Control (CDC), o surto da gripe nos Estados Unidos, em 2018, vitimou 128 crianças, sendo que 47 mil casos foram confirmados. Dessas crianças, entre 70 e 80% não haviam sido imunizadas. O segundo grupo mais afetado foi de pessoas acima de 65 anos.
 
A gripe é uma doença altamente contagiosa que afeta nariz, garganta e pulmões e pode se manifestar de forma severa, podendo causar até óbito. A transmissão ocorre por meio de gotículas que são expelidas pelas pessoas infectadas quando espirram, tossem ou falam. Também é possível contrair a doença ao tocar superfície ou objetos contaminados e, logo em seguida, levar a mão à boca, olhos e nariz.
 
Fique atento às medidas de prevenção contra a gripe:
 
  • Proteja o nariz e a boca. Cubra-os enquanto espirra ou tosse e use lenços descartáveis;
  • Evite tocar a boca e o nariz;
  • Lave as mãos com água e sabão e use álcool gel 70% regularmente, especialmente depois de tocar o nariz e a boca ou superfícies que possam estar contaminadas;
  • Melhore a circulação de ar abrindo as janelas;
  • Evite ficar por muito tempo em locais com grande aglomeração de pessoas;
  • Mantenha hábitos saudáveis: coma bem, durma bem e faça exercícios.

Importância da vacinação

 A vacinação é uma das formas de prevenção mais eficientes e é indicada a partir dos 6 meses de vida. A vacina da gripe é composta por vírus inativados e, portanto, não causa doença. Os efeitos mais comuns após aplicação da vacina são dor local, endurecimento e vermelhidão no local da aplicação. Esses efeitos podem durar até 48 horas.
 
Os grupos de maior risco são crianças pequenas, idosos, gestantes, puérperas e portadores de doenças crônicas. Com a queda dos anticorpos, é necessário tomar a vacina anualmente. Não existe contraindicação para tomá-la, mas, nos casos de febre alta, acima de 38º C, a orientação é aguardar a resolução da febre para tomar a vacina.
 
Os grupos prioritários para vacinação pelo Ministério da Saúde são: pessoas com mais de 60 anos, crianças entre seis meses e cinco anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, trabalhadores da área de saúde, povos indígenas, portadores de doenças crônicas, população carcerária e funcionários do sistema prisional e professores de escolas públicas e privadas. Os demais grupos, podem ser vacinados nas clínicas particulares.

Mater Dei Vacina

 A Rede Mater Dei de Saúde disponibiliza a vacina quadrivalente contra o vírus Influenza. “Essa vacina é composta por quatro cepas virais que são definidas pela Organização Mundial de Saúde: duas cepas do vírus Influenza A, incluindo uma cepa H2N2, e duas cepas do vírus Influenza B. A composição de 2018 para o hemisfério sul é a mesma composição de 2017 e foi publicada no Diário Oficial da União em 09/10/17 na resolução RE 2.696/2017”, explica a médica patologista coordenadora do Mater Dei Vacina, Flávia Massote. 
 
A Rede Mater Dei de Saúde disponibiliza a vacina de prevenção da gripe no Laboratório da Rede localizado na Av. Barbacena, 1067. Para se vacinar, basta ir ao local entre 6h e 17h nos dias de semana e das 7h às 12h aos sábados. Não é necessário agendamento prévio. 
 
A Rede oferece, também, aplicação domiciliar para famílias, condomínios e empresas, com preços especiais para grupos.
 
Mais informações: vacina@materdei.com.br 


Publicidade