Publicidade

Estado de Minas MEIO AMBIENTE

ABCCMM adota compromisso ambiental na 38ª Exposição do Mangalarga

Associação desenvolve projetos de conscientização dos mais de 400 expositores e destinação correta dos resíduos gerados durante o evento


Mangalarga Marchador
Conteúdo patrocinado
Mangalarga Marchador
postado em 23/07/2019 17:20 / atualizado em 23/07/2019 17:23

Equipe Mangalarga durante sensibilização dos expositores acerca da destinação correta de resíduos perigosos veterinários(foto: Renato Aguilar)
Equipe Mangalarga durante sensibilização dos expositores acerca da destinação correta de resíduos perigosos veterinários (foto: Renato Aguilar)
Com intuito de fortalecer governança e disseminar as práticas de sustentabilidade aplicadas aos eventos da raça, a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) buscou elaborar, em parceria com a Legalizar Consultoria Ambiental e Assessoria Jurídica, o projeto “passos básicos para ficar legal com o meio ambiente”. 
 
A medida visa não só dar destino correto aos resíduos gerados no evento, como também mostrar que a prática de segregação do lixo é um passo para a excelência ambiental dos haras e propriedades rurais. 
 
A preocupação com os impactos inerentes aos eventos foram delicadamente considerados para que o projeto fosse idealizado, elaborado e executado pela ABCCMM. A entidade espera que a prática da consciência ambiental sirva de material para sensibilização, internalização e aceitação da quota de responsabilidade dos mais de 400 expositores da 38ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador, que acontece até sábado, 27 de julho.
Equipe Mangalarga durante sensibilização dos expositores acerca da destinação correta de resíduos perigosos veterinários(foto: Renato Aguilar)
Equipe Mangalarga durante sensibilização dos expositores acerca da destinação correta de resíduos perigosos veterinários (foto: Renato Aguilar)
 


Publicidade