Publicidade

Estado de Minas TECNOLOGIA DE PONTA

Em Betim, Fiat moderniza concepção, design e segurança dos automóveis

Investindo em ferramentas de última geração, Polo Automotivo de Betim conta com centros especializados que revolucionam produção dos automóveis desde a ideia inicial até os testes finais de segurança


Fiat
Conteúdo patrocinado
Fiat
postado em 29/11/2019 15:55 / atualizado em 29/11/2019 17:03

O grupo FCA investiu R$ 40 milhões no novo centro de segurança em Betim, onde os veículos são testados contra uma estrutura fixa(foto: Leo Lara/FCA/Divulgação)
O grupo FCA investiu R$ 40 milhões no novo centro de segurança em Betim, onde os veículos são testados contra uma estrutura fixa (foto: Leo Lara/FCA/Divulgação)
Com a inauguração do Safety Center, em julho, na planta de Betim, a FCA Latam passa a ser totalmente autônoma na criação e desenvolvimento de veículos. Mas, para chegar até aí, um longo caminho precisou ser trilhado. A primeira “aventura” feita pela Fiat no desenvolvimento de produtos foi em 1996, quando ficou responsável pelos testes do projeto global do Palio. Em 2001, a marca passa a fazer a gestão local da fase de manufatura.
 
O atual Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Giovanni Agnelli foi inaugurado em 2003, quando a Fiat passou a fazer o desenvolvimento dos projetos de reestilizações, versões e séries especiais de veículos locais, que corresponde a 50% do processo. 
 
Já em 2008, o projeto do Novo Uno (lançado em 2010) ficou marcado por 90% de autonomia com a realização da conceituação e desenvolvimento do veículo nas fases virtual e física. Finalmente, a partir do funcionamento do novo Centro de Segurança, a FCA Latam passa a ter autonomia completa para a criação de um veículo, do conceito à industrialização.
 
(foto: EM/D.A. Press)
(foto: EM/D.A. Press)

HUB: concepção de novos produtos

 
Outro espaço recém-inaugurado funciona como o melhor ambiente possível para dar a partida na concepção de um novo modelo. O HUB foi inspirado em uma estrutura de rede, integrando funcionários das mais diversas áreas da FCA e parceiros em um ambiente colaborativo. 
 
Com diversas áreas comuns, de salas fechadas a espaços aconchegantes de convivência (que incluem uma copa), além de postos de trabalho não fixos, o HUB é o local ideal para definir o briefing conceitual de um novo veículo a partir de um mapeamento das tendências e o comportamento do seu consumidor-alvo, orientando os departamentos de Engenharia, Design, entre outras áreas, na criação do novo lançamento.
 
"A inauguração do HUB abre as portas da empresa". Breno Kamei, diretor de Portfólio, Pesquisa e Inteligência Competitiva da FCA Latam (foto: Leo Lara/FCA/Divulgação)
 
“É a visão oposta de uma área tradicionalmente fechada. A inauguração do HUB é o início dessa construção de valor, abrir as portas da empresa para uma participação mais ampla, com menos filtros”, explica Breno Kamei, diretor de Portfólio, Pesquisa e Inteligência Competitiva da FCA Latam, que espera também agregar mais agilidade às atividades. 
 
Externamente, o HUB busca conectar a FCA a um ecossistema de empreendedorismo e startups para construir estratégias de inovação como propósito de alcançar novos mercados e modelos de negócio. 
 
Em um edital lançado recentemente, a empresa desafia startups a identificar oportunidades que vão além do carro. “A indústria automotiva está no curso de uma revolução que permitirá ressignificar o carro como uma plataforma aberta de desenvolvimento, como já acontece com os dispositivos móveis”, garante Kamei.
 

Design Center Latam

 
Sediado no Polo Automotivo de Betim, o novo Design Center Latam foi inaugurado em agosto. O prédio de dois pavimentos tem 2.700 metros quadrados, sendo considerado o maior estúdio de design automotivo da América Latina, fruto de um investimento de R$ 11,4 milhões. 
 
Além de centralizar toda a equipe de 150 profissionais, o novo espaço é um marco para esse time, que, além dos modelos da Fiat, também passa a participar do desenvolvimento de produtos de outras marcas do grupo. 
 
“Nascemos com o Centro Estilo Fiat do Brasil em 2002. São 17 anos de uma área que, agora, se torna multi brand e encara o desafio de também experimentar novas ideias, formas e materiais para as marcas Jeep e RAM para a América Latina. O novo Design Center é a prova da evolução e do reconhecimento de nossa história. Estamos preparados para os novos desafios”, afirma Peter Fassbender, diretor do Design Center Latam. 
"O novo Design Center é a prova da evolução e do reconhecimento de nossa história. Estamos preparados para os novos desafios". Peter Fassbender - diretor do Design Center Latam (foto: Leo Lara/FCA/Divulgação)

 
Ao longo dessa trajetória, foram desenvolvidos mais de 15 novos modelos e oito veículos-conceito. A tecnologia e a técnica, o virtual e o palpável convivem em total harmonia em salas contíguas. 
 
Enquanto um projetor a laser de excelente resolução é capaz de exibir para avaliação um veículo em tamanho real, com todos seus detalhes e texturas, outra sala do térreo é usada para testar e validar resultados, com integração das equipes de Design e Engenharia, que participam ativamente do desenvolvimento de um determinado modelo. 
 
Uma nova fase de investimento aguarda a construção de um segundo prédio, ao lado do atual, para abrigar os equipamentos de usinagem, impressora 3D, além de outros espaços.
 

Centro dedicado aos testes de segurança

 
O novo Centro de Segurança do Grupo FCA foi construído em um galpão de 7.600 metros quadrados, onde uma pista de 130 metros termina em um bloco de concreto com massa de 140 toneladas. Ali é possível que veículos de até 4 toneladas atinjam a velocidade de 100km/h, que é o suficiente para tomar as providências possíveis de segurança. 
 
A pista ainda conta com dois pontos de observação subterrâneos,como teto translúcido, que proporcionam um ponto de vista privilegiado para a análise das consequências da colisão. Para captar as imagens, um sistema de iluminação potente em LED (com 100 mil Lúmens) trabalha em conjunto com cinco câmeras de alta velocidade — capazes de captar 1.940 quadros por segundo em altíssima resolução. Esse sistema pode ser deslocado para qualquer ponto da pista, já que ali são feitos diversos outros ensaios de colisão, além da barreira de concreto. 
 
Veículos auxiliar esgotados de estrutura rígida ou deformável, além de equipamentos como acelerômetros, participam de testes de colisão frontal, lateral e traseira. O investimento no novo Centro de Segurança do Grupo FCA foi de R$ 40 milhões. No total, 50 engenheiros receberam treinamento em centros de segurança na Itália, Alemanha e Estados Unidos. Além de dar autonomia, a instalação desse laboratório vai poupar tempo de resposta às demandas da região para atender aos consumidores e à legislação — felizmente, a cada dia mais exigente. 
 
Só para se ter ideia, o simples envio de um veículo para centros de segurança da FCA no exterior, como na Itália ou Estados Unidos, dura pelo menos dois meses. De acordo com Márcio Tonani, diretor de Desenvolvimento de Produto da FCA, um novo projeto nasce em um ambiente totalmente digital, com ferramentas que tornam o processo mais ágil e preciso. 
 
O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Giovanni Agnelli tem mais de 50 laboratórios instalados em Minas Gerais, Pernambuco e Córdoba (Argentina), somando cerca de dois mil técnicos e engenheiros, responsáveis por mais de três milhões de horas de testes por ano, nas fases virtual e física. A cada novo projeto, são cerca de oito milhões de quilômetros rodados.
 
“Somente após as complexas análises em 3D e 4D, além das certificações digitais, são construídos os primeiros modelos físicos para testes”, explica Tonani. 
 
Os primeiros testes físicos são feitos nos laboratórios de Experimentação, com o objetivo de certificar sistemas e componentes desenvolvidos durante a fase virtual. A próxima etapa são as pistas de teste, com avaliações em ambiente controlado, para certificação do veículo completo.
 
A realidade virtual é uma aliada importante em todas as etapas produtivas. Entenda como a Fiat utiliza a tecnologia para dar mais assertividade aos processos. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade