Publicidade

Estado de Minas MODERNIDADE

Mais rápido e digital: mercado imobiliário se adapta ao consumidor 4.0

Negócios do ramo modificam estratégia de mercado para atender a clientes que valorizam experiência completa no meio digital


eSiim - Inteligência Imobiliária
Conteúdo patrocinado
eSiim - Inteligência Imobiliária
postado em 27/02/2020 15:31 / atualizado em 28/02/2020 14:01

É fato que as tecnologias modificaram as relações de consumo, fazendo com que as empresas precisassem se adaptar às novas demandas. Para o mercado imobiliário não foi diferente, já que o consumidor 4.0 já é uma realidade: muito mais informado e hiperconectado, tem buscado processos digitais mais completos, ágeis e simplificados na hora de comprar, vender ou alugar imóveis.
 
Por ter a tecnologia como aliada para tornar a rotina mais eficaz, o consumidor 4.0 valoriza as empresas que compreendem essa mudança logística e, principalmente, informacional. Estamos falando de um público que pesquisa, se informa, analisa opções e já se posiciona em uma etapa mais avançada da jornada de compra. 
 
Além disso, o novo perfil é marcado pela preferência por processos totalmente digitalizados, inclusive no atendimento. Como exemplo, podemos citar o consumidor que realiza todas as suas transações bancárias via aplicativo móvel, que faz compras pela internet ou que agenda consultas médicas via aplicativos ou dispositivos de mensagens.
 
Por isso, apesar de ainda ser muito comum, o modelo conhecido de negócio online das imobiliárias, normalmente marcado por sites que funcionam como uma espécie de catálogo de produtos, mas que ainda apresentam gargalos de atendimento, tende a ser substituído por plataformas cada vez mais completas, que reúnam todos os serviços relacionados às transações imobiliárias e resultem na economia de tempo e dinheiro. 
 
Mas não para por aí. As novas relações de consumo também requerem processos mais transparentes, dando maior autonomia de decisão para as partes envolvidas. Assim, quando o assunto é comprar ou vender um imóvel, acompanhar as novas tendências de mercado também significa entender as preferências do consumidor para disponibilizar informações que realmente são relevantes.
 

Mudanças no modelo de negócio imobiliário

 
Estar pronto para lidar com o consumidor 4.0 não significa, apenas, estar no ambiente digital. É preciso fazer com que a presença digital realmente funcione, com canais eficientes e experiência completa, tornando os processos de compra e venda de imóveis eficazes.
 
Observando o novo cenário, o empresário Glender Alvarenga, idealizador da plataforma de inteligência imobiliária eSiim, explica que a maioria dos negócios, inclusive startups do ramo imobiliário, está embasada na centralização dos atendimentos e suportes, enquanto, na verdade, apenas a tecnologia deveria ser centralizada — o que acontece com o eSiim.
 
Segundo ele, o eSiim foi concebido e implementado para a personalização do atendimento, deixando apenas a tecnologia centralizada como forma de potencialização e controle das atividades. 
 
Desta forma, os processos de compra e vendas de imóveis são amparados por parceiros e colaboradores locais que conhecem bem a cidade e estão familiarizados com hábitos e culturas de cada bairro. “Além de um perfil mais antenado em tecnologia, os parceiros estão focados no cliente, prezando a qualidade e a transparência e preparados para dar suporte, esclarecer e solucionar todo o processo do início ao fim”, ressalta.
 

Processo 4.0 na prática

 
Francisco Missiagia, morador de Belo Horizonte, se considera um consumidor 4.0 e passou por experiência que comprova a necessidade de adaptação do mercado imobiliário. 
 
Francisco Missiagia, cliente eSiim, e sua família(foto: Divulgação/Acervo pessoal)
Francisco Missiagia, cliente eSiim, e sua família (foto: Divulgação/Acervo pessoal)
Ele explica que busca resolver tudo pela internet, onde tem fácil acesso à informação. “Antes de buscar um serviço ou produto, consigo fazer uma ampla pesquisa na internet sobre determinada marca e, o melhor, quem dá o feedback são os próprios consumidores”, contou. 
 
No entanto, ao iniciar a busca por um novo apartamento, em fevereiro de 2019, logo se viu meio às dificuldades ao lidar com o processo padrão com as imobiliárias na busca pelo imóvel com as características certas.
 
“Mesmo passando para as imobiliárias todas as características que queríamos para o apartamento, elas ainda apresentavam outras opções desnecessárias”, relatou. Com isso, o processo se tornava cada vez mais demorado. 
 
Ainda durante as buscas, no final do mesmo ano, Francisco conheceu o eSiim e conseguiu encontrar o imóvel certo, garantindo a compra.
 
“O modelo do eSiim é fantástico, totalmente transparente e evita o desgaste de ver apartamentos que não condizem com o que procuro. Com uma plataforma de simples acesso e atendimento, achei o apartamento com as caracterísitcas que queria, sem burocracia no fechamento do contrato até a entrega das chaves, além de um suporte para tirar qualquer dúvida”, destacou o empresário.
 

Valorização da experiência

 
O CEO do eSiim, Glender Alvarenga, explica que a sensação positiva obtida pelo cliente Francisco ao usar a plataforma reflete o posicionamento estratégico, definido desde o início do negócio, no sentido de valorizar o consumidor que, além de buscar por um produto ou serviço, quer uma experiência completa de consumo. 
 
“Desde a sua concepção, o eSiim é voltado para atender ao consumidor 4.0, que é totalmente adaptado ao digital, com muito acesso à informação. Por isso, criamos um novo modelo de negócios associado à plataforma eSiim, com canais diretos onde o consumidor pode se comunicar e fazer todo o processo digitalmente, já que usa a internet pra tudo. Isso, claro, sem deixar de lado a relação humana e sem perder o envolvimento” esclarece.
 
Ainda segundo ele, o novo posicionamento deixa para trás alguns gargalos conhecidos do processo de negociação imobiliária, como falta de transparência e compromisso, que afetavam proprietários, compradores e corretores. 
 
Para isso, o eSiim define regras de negócios associadas à plataforma que geram benefícios para os três envolvidos na negociação, incluindo controle das atividades, acompanhamento online, alertas simultâneos e facilidade na gestão da compra e venda. “Nosso objetivo é tornar a compra e venda de imóveis mais prazerosa”, concluiu. 
 

Serviço

 
eSiim - Inteligência Imobiliária
Tecnologia associada aos mais modernos processos de gestão para conectar proprietários, compradores e profissionais do mercado imobiliário

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade