Publicidade

Estado de Minas Prevenção

Trombose: saiba como prevenir e diminuir os impactos da doença

No dia 13 de outubro comemorou-se o Dia Mundial da Trombose; médico especialista do Biocor compartilha dados sobre o Tromboembolismo


Biocor
Conteúdo patrocinado
Biocor
postado em 26/10/2020 10:09 / atualizado em 26/10/2020 10:11

(foto: Freepik)
(foto: Freepik)

 
A Trombose é caracterizada pela formação ou desenvolvimento de um coágulo sanguíneo responsável por causar a obstrução do vaso, ou em alguns casos esse coágulo pode se soltar e deslocar até o pulmão, causando o tromboembolismo pulmonar. É muito importante focar na prevenção, diagnóstico e tratamento precoce e adequado pois esta patologia é responsável pela morte de 1 em cada 4 pessoas no mundo.

Os membros inferiores são os locais mais comuns de trombose, os principais sintomas são: inchaço, vermelhidão, dor e calor nas pernas.

Algumas medidas simples podem ajudar a prevenir o Tromboembolismo venoso, sendo aconselhável exercitar-se ou fazer pequenas caminhadas, controlar o peso, movimentar as pernas durante longo período de repouso, usar meias de compressão em caso de insuficiência venosa, viagens longas ou período de imobilização segundo orientação do seu médico.

O Tromboembolismo venoso/pulmonar é a causa de morte evitável mais comum no paciente hospitalizado.

Josualdo Euzébio da Silva é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular(foto: Divulgação/Biocor)
Josualdo Euzébio da Silva é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (foto: Divulgação/Biocor)

A International Society on Thrombosis And Haemostasis – ISTH, lidera uma campanha para reduzir as mortes causadas pelo Tromboembolismo Venoso, e está contribuindo com a meta global da OMS (Organização Mundial da Saúde) de reduzir até 2025, 25% das mortes prematuras causadas por doenças não transmissíveis.

Ao ano cerca de 10 milhões de casos de Tromboembolismo venoso são diagnosticados no mundo.

O dia 13 de outubro foi escolhido em homenagem ao Médico alemão Rudolf Virchow, responsável por elucidar o mecanismo do tromboembolismo (Tríade de Virchow).

Existem escalas de graduação de risco, através de análise de algumas informações é possível ao médico conhecer se o paciente apresenta maior ou menor risco para o tromboembolismo venoso e realizar a prevenção mais adequada nos pacientes hospitalizados.

O tratamento, na fase inicial pode ser realizado com medicamentos orais e dependendo da gravidade não necessitar de internação.

Josualdo Euzébio da Silva
CRM 26128
Cirurgião Vascular e Endovascular 
RQE 17502 / RQE 31642
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade