Publicidade

Estado de Minas Tragédia global

O risco real é maior que o do cinema


22/01/2022 04:00





José Pedro Naisser
Curitiba

“Leonardo DiCaprio mostra no filme ‘Não olhe para cima’ enredo de ficção em que um cometa destrói a Terra. Porém, hoje, na realidade, devemos olhar para nossas florestas, que estão sendo destruídas pela ganância do homem, e para os oceanos, que recebem 40 milhões de toneladas de plástico todo ano.
O sinal de alerta foi dado pelo vulcão submarino Hunga-Tonga-Hunga-Ha'apai em sua erupção de 8 minutos, seguida de tsunami, que mostrou a força da natureza, que até agora não pode ser calculada pelo homem.
A natureza age agora em legítima defesa. Ou mudamos por amor, ou iremos desaparecer pela dor, por todo o mal que estamos causando ao planeta Terra.
O tempo chegou. O tempo é muito lento para os que esperam, muito rápido para os que têm medo, muito longo para os que lamentam, muito curto para os que festejam, mas para aqueles que amam e aceitam os grandes desafios o tempo é eterno. Juntem-se a nós: o tempo chegou.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade