Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas ONU

O pronunciamento de Bolsonaro


25/09/2020 04:00

José Carlos Saraiva da Costa
Belo Horizonte 

"Os caboclos e os índios são os principais responsáveis pelos incêndios na Amazônia, de acordo com o pronunciamento de Jair Bolsonaro, na ONU. Segundo o presidente da República, o Brasil soube lidar bem com a pandemia do novo coronavírus, mesmo contabilizando 138 mil mortes e 4,59 milhões de casos. Bolsonaro exaltou a ajuda humanitária aos vizinhos venezuelanos, esquecendo-se das centenas de favelas das grandes cidades brasileiras, onde a população vive em péssimas condições, sob o comando do crime organizado. O presidente destacou, também, que concedeu o auxílio emergencial de US$ 1.000 para 65 milhões de necessitados. Quando falou sobre a tolerância zero para os crimes ambientais, Bolsonaro ignorou o fato de que o nosso país tem um horrível sistema de saneamento básico, sendo comum a prática de descarte dos esgotos em praias, rios e lagos sem o mínimo tratamento. A infame manifestação de Bolsonaro diante dos líderes mundiais foi um vexame para os brasileiros."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade