Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas CRIMINALIDADE

Cidadão comenta violência no país


postado em 28/09/2019 04:00


Luiz Felipe Schittini
Rio de Janeiro

"Enquanto as leis penais, processuais e de execuções forem lenientes com os marginais, a violência continuará aumentando, sonhos destruídos e vidas de inocentes precocemente ceifadas. O exemplo da jovem que foi estuprada e morta no interior de São Paulo por um homem que se ofereceu para trocar o pneu do seu carro foi bem contundente. O criminoso já tinha sido preso por estupro e latrocínio, mas encontrava-se em liberdade devido ao regime de progressão de pena. No Rio de Janeiro, muitas pessoas morrem de 'bala perdida', porque os meliantes têm fuzis e enfrentam as polícias. Senhores parlamentares, fuzil é arma de guerra e quem o utiliza no crime deve ter tratamento diferenciado dos demais presos. Pablo Escobar, o maior narcotraficante que a humanidade já conheceu, afirmava que preferia morrer do que ir para uma prisão perpétua nos Estados Unidos." 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade