UAI

Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Desafios na área de gestão de pessoas


26/12/2021 04:00

Miriam Rodrigues
Coordenadora do Centro de
Educação a Distância

Não é novidade para ninguém que todos os habitantes de nosso planeta tiveram sua vida fortemente impactada pela pandemia da COVID-19. Embora neste final de 2021 percebamos algum arrefecimento, este assunto e suas consequências ainda constituem fonte de inseguranças e preocupações.
Enquanto o “novo normal” não chega totalmente, pessoas e empresas continuam incessantemente buscando desenvolver estratégias de sobrevivência e também de crescimento e desenvolvimento, pois a vida não para e os negócios também não.

A tecnologia, com seu infindável mundo de possibilidades, ocupou espaços ainda maiores na vida dos profissionais e das empresas.

Se gerir pessoas presencialmente sempre foi um grande desafio, a distância compulsória, sobretudo nos períodos mais severos da pandemia, potencializou de maneira decisiva este desafio, e as áreas de Gestão de Pessoas, que exercem um papel crucial, sobretudo nos processos de Gestão de Mudanças, também foram impactadas por novas demandas que surgiram.

O home office e as questões legais que desta modalidade derivam, elementos de natureza comportamental relacionados à liderança remota, motivação e engajamento das equipes de trabalho, entre outros, figuraram no topo da lista de demandas menos conhecidas por grande parte das áreas de Gestão de Pessoas.

Felizmente, se chegam novos desafios, os aprendizados também chegam junto. Reinvenção, ressignificação, resiliência não puderam faltar e, de fato, não faltaram, até porque a pandemia tem feito parte de nossas vidas por um tempo bem maior do que aquele que inicialmente prevíamos.
O momento ainda é de cautela. Muitos aprendizados foram incorporados à rotina dos profissionais e das empresas. Existiram mudanças e foram profundas. O pós-pandemia vai demandar uma análise dos dois últimos anos, dos erros e acertos na Gestão de Pessoas, tanto no que se refere aos processos, quanto naquilo que se refere à gestão em si. Será necessário decantar, entre o antes e o depois, aquilo que efetivamente mudou, fazer os ajustes necessários e continuar olhando e trabalhando para os novos tempos.

Trabalho 100% remoto? Trabalho híbrido? Redução de despesas para as organizações versus qualidade de vida do profissional? Outras pandemias virão?

O futuro sempre foi incerto e isso nunca foi novidade. Quem trabalha com e para pessoas sabe disso.
Que venha 2022 com boas novidades e os aprendizados delas decorrentes!


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade