Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Por que a hora é agora


15/05/2021 04:00

Cássia Ximenes
Presidente da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi) e CEO da Ximenes Netimóveis
 
São muitas as frases feitas que escutamos ao longo da vida: “tempo é dinheiro”, “contra dados não há argumentos”, “quem compra terra não erra”, “dinheiro na mão é vendaval”, “deve-se dividir os ovos em várias cestas”... Com tantos exemplos, desinformações e tentações, é preciso prestar atenção ao que é real, fato e palpável antes de tomar uma decisão de como aplicar seu dinheiro. Sempre recomendei comprar imóveis, e pode parecer que estou “puxando sardinha pro meu lado”, mas fique atento que aí vai uma “dica de ouro”: aproveite o momento, faça acontecer; a hora é de comprar imóveis.

Minha pretensão é mostrar, de maneira simples, os bons ventos que sopram para os ativos imobiliários. Se você já é proprietário de um imóvel, convido-o a pegar o registro e verificar quando e por quanto comprou seu imóvel, quanto já recebeu por sua locação e quanto ele vale hoje. O imóvel locado tem o valor do aluguel corrigido anualmente e permanece, assim, atualizado em relação à inflação, mantendo intacto seu poder de compra. E ainda tem seu valor-base investido na compra valorizado, o que permite um ganho real. Poderíamos citar centenas de exemplos concretos e provavelmente você teria outros tantos para contar.

Acompanho as pesquisas de mercado e, com elas, comprovamos o que todos os dias assistimos na prática: os bons resultados alcançados pelos nossos clientes. De acordo com os dados publicados pelo DataSecovi, instituto de pesquisa do Secovi-MG, o número de unidades comercializadas em Belo Horizonte no primeiro bimestre de 2021 subiu 22,04% em relação ao mesmo período do ano passado, e o preço médio passou de R$ 340.151 para R$ 355.636, ou seja, 4,55% de aumento. Os dados demonstram que a performance do mercado imobiliário está em ascensão, apontando maior valorização e liquidez, que devem se acentuar nos próximos meses, o que torna o momento ideal para o investimento imobiliário.

Muitos são os critérios que devem ser observados na hora da aquisição de um bem imóvel, a fim de garantir que os rendimentos sejam compatíveis com a expectativa do futuro proprietário. O investimento deve ser avaliado com a soma, além da valorização do imóvel, dos recebíveis pela locação, que podem variar de acordo com o tipo, idade, localização, entre outros fatores. A saúde documental é tão importante quanto a estrutura física e as perspectivas de ganhos e, para a realização de um bom negócio, o acompanhamento de um profissional faz toda a diferença.

O DataSecovi acompanha também as regiões com o maior número de negociações, que, não coincidentemente, apontam bairros mais novos, como Buritis e Castelo, que têm um maior número de novas construções e, portanto, mais oferta. Com isso, tornam-se os campeões em transações imobiliárias no primeiro bimestre, de acordo com os dados dos ITBIs fornecidos pela PBH. Os bairros tradicionais, como Funcionários, Lourdes, Floresta, Santo Antônio, entre outros, continuam tendo enorme procura e excelente valorização. A pesquisa, além dos dados dos que foram comercializados, mostra o movimento dos imóveis ofertados para venda e locação em Belo Horizonte. E, em acordo já firmado com a Prefeitura de Contagem, passa a acompanhar também o movimento dessa importante cidade da região metropolitana, que, em breve, estará disponível para todos os associados da CMI/Secovi-MG. A entidade tem por meta abranger as demais cidades no entorno de BH.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade