Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Coronavírus x gripe espanhola: o que mudou?


04/08/2020 04:00

Juliana Speltri
Especialista em educação física e professora do Colégio Marista Anjo da Guarda

Ao analisar um texto que descreve os conselhos de higiene da época da gripe espanhola, em 1918, é possível ver as seguintes recomendações: "Evitar aglomerações, principalmente à noite; não fazer visitas; tomar cuidados hygienicos com o nariz e a garganta; evitar toda a fadiga ou excesso physico; o doente, aos primeiros symtomas, deve ir para a cama, pois o repouso auxilia a cura e afasta as complicações e contagio; não deve receber, absolutamente, nenhuma visita; evitar as causas de resfriamento é de necessidade tanto para os sãos como para os doentes e os convalescentes; as pessoas edosas devem aplicar-se com mais rigor ainda todos os cuidados".

Há mais de 100 anos, os cuidados eram os mesmos, inclusive as máscaras eram vistas como um novo adereço. Mas será que nada mudou? Graças aos grandes pesquisadores, a estudos, a testes e mais testes, observou-se que possuímos uma grande aliada a nosso favor: a atividade física!. Com uma boa orientação de um educador físico, juntamente com bons hábitos de vida, o sistema imunológico consegue exercer sua plena função no organismo.

A atividade física vai além da funcionalidade dos efeitos musculares. Ela contribui para a ativação dos hormônios do bem-estar, o que é muito importante nesse período de isolamento social, onde a depressão, a ansiedade e até mesmo o TOC (transtorno obsessivo compulsivo) podem vir à tona. Durante o exercício físico, o metabolismo é ativado e faz com que sejam liberadas a endorfina, serotonina, ocitocina, e a dopamina, entre outros, que são alguns dos hormônios do bem-estar.

Para se obter um efeito positivo desses hormônios, as atividades físicas devem ser feitas na intensidade moderada. Caso contrário, isto é, se for feita em intensidade elevada, o sistema imune entende como uma ameaça ao corpo e o hormônio cortisol é liberado, causando irritabilidade, estresse, insônia, entre outros efeitos ruins.

Mas como saber se o movimento que se pratica está na intensidade moderada? Pode-se usar a Escala de Percepção Subjetiva de Esforço (PSE-Escala de Borg Adaptada a Percepção de Esforço) ou efetuar o cálculo da frequência cardíaca entre 65% a 75% da frequência cardíaca máxima: FC máxima = 220 - idade x 65% ou 70% ou 75%.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabelece que qualquer movimento é considerado atividade física. Em tempos de home office e isolamento social, vale levantar-se da cadeira a cada 30 minutos, ao falar no telefone caminhar pela casa, usar escadas ao invés de elevador, procurar inserir na rotina diária a atividade física todos os dias e cuidar da saúde mental. Vale lembrar, também, que os cuidados com a alimentação, uma boa hidratação e um sono regulado são quesitos importantes para adequar o sistema imunológico no corpo.

Não se pode separar o corpo da mente. Eles formam um sistema integrado no indivíduo e, por isso, os cuidados com a saúde mental são extremamente importantes também. A enxurrada de informações que chega para nós se propaga até mais rápido que o próprio vírus contra o qual estamos lutando neste momento, o novo coronavírus. Estabelecer uma rotina diária de tarefas, encaixar horários para meditar, praticar yoga e até mesmo selecionar sites confiáveis de notícias é uma boa dica para cuidar da saúde mental.

Outra boa dica seria sair da zona de conforto e buscar no seu corpo e mente quais são as outras habilidades comportamentais e técnicas que se tem. A oferta de cursos nas redes sociais aumentou, significativamente, durante este período de isolamento social. Aproveite para melhorar seu conhecimento e descobrir novas técnicas. O corpo é inteligente. Reinvente-se!


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade