Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

A democratização dos investimentos

O que era uma atividade exclusiva para os ricos e especialistas agora é acessível a todos


postado em 03/10/2019 04:00

Alessandro Andrade
Head do Sofisa Direto

O rápido avanço da tecnologia faz com que ideias simples sejam transformadas em serviços e, de repente, como num passe de mágica, diversos aplicativos passam a fazer parte do nosso cotidiano, tornando mais fácil e barato o acesso a meios de transporte, entretenimento, serviços bancários e até investimentos. 

O táxi, considerada uma opção cara de transporte, transformou-se, radicalmente, com a chegada do Uber e outros aplicativos similares, assim como os serviços de streaming mudaram o acesso a músicas, filmes e séries de TV. Até há alguns anos, era necessário assinar um pacote de uma das operadoras de TV paga com dezenas de canais e pagar caro por isso, mesmo que a pessoa nunca assistisse à maioria desses canais. Hoje, o cliente assina apenas os serviços de TV que lhe interessam, paga mais barato e assiste aos programas quando quiser. É o cliente quem decide o que realmente deseja.

Essa democratização também já é realidade no setor bancário. Pagar tarifas para ter acesso a serviços bancários e cartões de crédito é coisa do passado. Agora, é possível abrir uma conta bancária, pagar contas e realizar transações sem jamais ter que pisar em uma agência, esperar em filas ou conversar com um gerente.

Investir em ações ou fundos de investimentos carregava um tabu como opção de investimento apenas para quem tivesse muito dinheiro, que podia contratar os serviços de um corretor especializado em avaliar as melhores opções, montar carteiras e cuidar dos lucros de seus clientes. Nos últimos tempos, o tabu caiu: basta baixar um aplicativo de celular e escolher a melhor opção de carteira.

Robôs de investimento já estão disponíveis no mercado e são capazes de montar carteiras diversificadas, criadas de acordo com o perfil de cada cliente e de forma agnóstica. Afinal, o robô não tem metas de vendas para bater e pode oferecer opções com imparcialidade.

O fato é que fundos de investimentos, letras de crédito e ações não são mais assuntos confinados a rodinhas de economistas e investidores com muito dinheiro. Cada vez mais, pessoas comuns estão se beneficiando da rentabilidade que esses investimentos proporcionam.

Nunca foi tão fácil e democrático investir. O cliente tem o poder de escolha e não precisa mais aceitar aquilo que vem pronto em um pacote. O que era uma atividade exclusiva para os ricos e especialistas, agora é acessível a todos. É só escolher um aplicativo, experimentar e começar a se beneficiar dessa nova onda.


Publicidade