Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 21/02/2019 05:12

Cartas à redação

TRAGÉDIAS
O que realmente vale
para a mineradora

José Geronimo
Belo Horizonte


Valei-me, Deus! Será que valeu a pena? Quanto vale a vida? Quanto vale os sonhos? Quanto valem o choro? Foram pessoas, foram animais, foi também o nosso ambiente. Que valia a pena ver. Ó, Vale! Vale os bilhões no mercado? Vale a pena o lucro que dá aos acionistas, mas nunca valorizou a vida? Para vocês a vida não vale nada. E nunca valerá."

FEMINICíDIO
Parem de matar
as mulheres

Juliana Rocha
Belo Horizonte


"Mais um caso de feminicídio. Toda mordida, machucada. Por fora? O choque. Por dentro? A dor que ninguém merece vivenciar. O corpo é dela, as regras são dela, mas o julgamento é sempre coletivo, machista e cruel. Mais um cara 'bão', mais uma mulher que é culpada. A 'doida' nem conhecia o cara, dizem. E ela está lá exposta, com uma dor que me sangra, me faz chorar. Mais doloroso ainda é ter que defender o óbvio. A culpa não é dela. É dele! Nada, nada, nada justifica a violência. Conhecer alguém na internet não dá o direito à pessoa bater. Não concordar com o que o marido ou o namorado disseram não dá a eles o direito de te bater. Sair na rua sem roupa não dá a ninguém o direito de bater. Não falo só de violência física, mas psicológica também. Nada justifica. O corpo é nosso. Não merecemos apanhar, ser tachadas de loucas, e morrer por sermos mulheres. Parem de romantizar a violência, de achar que nossos corpos são públicos e terra de ninguém. Duvide de homens bonzinhos que dizem que a ex-namorada é louca. De pessoas que acham que estupro é culpa da vítima. Defendam as 'minas', se comprometam, metam a colher, acolham. Mulher não tem que se dar ao respeito, tem que ser respeitada. Não tem que consertar homem; não tem que ter a fala interrompida; não tem que aceitar migalhas; não tem que ficar calada com uma traição; não tem que agradar a ninguém; não tem que ganhar menos; não tem que querer ser mãe; não tem que aceitar homem lixo que coloca nela a culpa pela imaturidade dele. Merecemos ser livres. Ao primeiro sinal de grito, ajude. A gente não merece morrer por ser quem é. Não merece ser chamada de louca; não merece ter que viver com alguém que ao menor sinal de contrariedade, com um simples não, já sai quebrando tudo, batendo nas coisas e, se tiver um pouco mais bravo bate em você e a mata. Não merece ser chicoteada por chegar atrasada; apanhar porque acreditou no cara legal da internet. Ser estuprada porque estava com roupa curta ou andava sozinha à noite. Morrer por dizer não. Isso precisa parar e precisa que a gente pare de culpar as milhares de mulheres vítimas, muitas caladas por medo desse julgamento ridículo da sociedade. Mulheres, defendam-se, pois somos irmãs. Homens, tomem o bom partido, sejam responsáveis. Cada vez que uma mulher morre ou apanha, eu morro um pouquinho também. No meio dessa imensa dor, a gente nunca sabe se vai ser a bola da vez. Parem de nos matar!"

CITAÇÃO
Assinante comenta
matéria do Gerais

José Eduardo de Oliveira
Patos de Minas-MG


"Excelente a matéria, 'Mapa das Minas, da devastação e do medo. Dilema de um coração de ouro'',  publicada no caderno Gerais em 17/2/2019. Entretanto, a citação que fizeram de Claude-Henri Gorceix (1842-1919), fundador da Escola de Minas de Ouro Preto (1876), como sendo Minas Gerais 'com um peito de aço e coração de ouro', deveria ser Minas Gerais, 'um coração de ouro em um peito de ferro'. (Minas Geraes est le coeur du Brésil: Un coeur d'or dans une poitrine de fé.)"  


EM.COM

MORADORES DE ÁREAS DE BARRAGENS EM NOVA LIMA E OURO PRETO SERÃO RETIRADOS

"Concordo plenamente que a Vale tem que ser punida e muito por todos esses acontecimentos. Mas vejo muito comentário de gente pedindo o fim da mineração e das mineradoras, mas que vivem trocando seus carros, celulares etc. todos os anos. Temos de cobrar das empresas e do governo responsabilidade por suas ações. Indiretamente, somos todos culpados. Uns mais, outros menos."
Frederico Bicalho

"Não sou contra a exploração de recursos naturais, mas explorar do jeito que é feito, pensando apenas nos lucros, nos bônus pagos aos investidores, sem pensar nas pessoas, nos impactos que podem ser causados, não dá. Isso é crime e tem de haver uma pena dura e exemplar, pois no final das contas eles cometem assassinato."
Tiago Lourenço

"Enquanto isso, os papéis da Vale na bolsa de valores voltando a subir de vento em popa. Se isso aqui fosse um país sério, estariam valendo R$ 5 em vez dos quase R$ 50."
Daniel De Paula

FACEBOOK


MORADORES DE MACACOS PROTESTAM CONTRA A VALE E FECHAM ENTRADA DA MINERADORA
"Parabéns, vocês juntos precisam revidar. Isso não pode acontecer mais. A Vale é importante, mas nossas vidas são muito mais. Precisa haver uma solução."
Claudia Mara Fiorini

"Se o governo não faz, o povo faz. Pelas redes sociais, vamos estar junto ao povo, protestando e impedindo a Vale de matar pessoas e nossas fontes de água."
Nice Melo

"Isso sim, é preciso noticiar e lutar! A Vale fez de Minas um buraco de tatu. Minas vai derreter se não tomarem providências."
Virginia Prado

 SE ROMPER, BARRAGEM DE NOVA LIMA PODE ATINGIR BR-356 E CONDOMÍNIOS
"Se atingir a casa dos ricos e poderosos, rapidinho eles dão um jeito. Enquanto for pobre morrendo, eles não estão nem aí."
Raphaella Bugati

"Coitados dos habitantes dessas cidades. Terão que viver sob esse terror psicológico por muito tempo."
 Patrick Monteiro


Publicidade