Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Cirurgia de queixo é tendência no país


postado em 25/01/2019 05:06

A cirurgia de queixo é tendência no Brasil, principalmente entre  mulheres que querem uma selfie perfeita para as redes sociais. Celebridades como Taylor Swift e Selena Gomez são algumas dessas mulheres que buscaram um rosto com aparência mais fina. As redes sociais foram um dos fatores para o aumento desse tipo de procedimento. Conforme pesquisa da Academia Americana de Plástica Facial e Cirurgia Reconstrutiva, mais de 55% dos cirurgiões plásticos disseram que a procura pelos procedimentos faciais era para melhorar as selfies, em 2017. O procedimento aumentou nos consultórios, assim como os procedimentos para o nariz, já que essas áreas têm bastante destaque nas selfies.

A mentoplastia, nome técnico do procedimento, diminui ou afina o queixo com cirurgia ou aumenta com prótese, gordura ou ácido hialurônico. A intervenção melhora a harmonia e, principalmente, o perfil. O queixo é uma área muito negligenciada e, juntamente com o nariz, são as estruturas mais importantes do perfil.

O queixo e o nariz são elementos primordiais na face e o equilíbrio é fundamental para harmonia do rosto de frente  e, especialmente, de perfil. Muitas vezes, um queixo retraído causa uma sensação de um nariz muito grande, quando, na verdade, é o mento, parte inferior e média da face, que fica abaixo do lábio, precisando de correção. Outras vezes, é preciso combinar ajustes no nariz e no queixo, potencializando os resultados das duas cirurgias, procedimento denominado perfiloplastia, pois a melhora do perfil é considerável.

A cirurgia tem uma recuperação rápida e com bons resultados ao remodelar o queixo, deixando-o maior, menor ou mudando o formato para adequá-lo ao restante da face. Pode ser feito com prótese, gordura ou ácido hialurônico, para quem deseja aumentar, e remodelamento cirúrgico para aqueles que desejam reduzir.

A mentoplastia é indicada quando o queixo está desproporcional ou mal posicionado para trás ou para frente em relação ao restante dos elementos faciais, principalmente o nariz. Também é indicada para afinar levemente o rosto. O perfil do indivíduo que tem buscado esse tipo de procedimento é bastante variado. Tanto mulheres, que desejam uma aparência mais delicada, proporcional e que querem melhorar suas fotos de perfil, quanto homens, que desejam o queixo mais bem definido e masculino.

O principal cuidado pré-operatório requer um cirurgião plástico capacitado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), pois o diagnóstico correto da relação entre o queixo e a face/nariz é fundamental para o resultado ideal e, muitas vezes, não é fácil e nem simples. Já os cuidados pós-operátórios dependem de como será feita a mentoplastia. É possível conseguir o resultado desejado com preenchedores de ácido hialurônico, exigindo poucos cuidados no pós-operatório, sendo feito em consultório sob o efeito de anestesia local, com o uso de prótese de silicone ou enxerto de gordura da própria pessoa. Ainda é recomendado para o pós-operatório evitar exposição ao sol por algum tempo. Se a rinoplastia estiver associada à mentoplastia, os cuidados especiais com o nariz também são importantes.

Assim como em qualquer cirurgia, antes de se submeter ao procedimento é importante ter indicação clínica. É fundamental refletir sobre os objetivos com a cirurgia, consultar um cirurgião credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, esclarecer as dúvidas, fazer os exames pré-operatórios e identificar um hospital qualificado para o procedimento.

 

 


Publicidade